quinta-feira, 3 de abril de 2014

Atividade Paranormal - 4ª Temporada - Capitulo 15 - Aposta


*Últimos capítulos*





"Quando você encontrar a outra metade da sua alma, você vai entender porque se magoou  tanto ... Quando você encontrar a pessoa que merece seu coração, você vai tudo teve de dar errado num certo momento ..."


Zayn P.O.V.


Eu: FICARAM LOUCOS FOI?? QUERO VER MINHA MULHER AGORA!! - gritei nervoso derrubando todas as cadeiras da sala e escorregando pela parede agarrando minha cabeça entre as mãos. Meu sangue esquentava em meu corpo, senti-o nervoso e perdendo controlo de minhas próprias ações, raiva, dor ... onde ela estava?? Minha respiração descontrolada sufocava... sufocava meu corpo e minha alma! Essas últimas horas tenho tentado me proteger de mim mesmo, desses meus pensamentos que tentam me enlouquecer cada vez mais, cansam minha mente, levam-me ao limite!! A s/n desapareceu do hospital, ninguém sabe dela, todo o mundo estava aqui, as garotas foram em casa descansar com Louis, Niall, Harry e Liam, tenho passado esses minutos esperando que os médicos digam alguma coisa, o Justin, o Alex e a Ashley estão comigo ... a verdade é que me sinto sozinho, perdido ... Seguir em frente sem ter a minima ideiade que rumo tomar, sem entender que caminho escolher, qual o certo e o errado! Eu queria ir em busca de algo mas não entendia o que era, porque meu corpo sentia-se chegando ao seu limite, não suportava mais emoções. No fundo desse meu coração cansado existia uma minima esperança, uma pequena força que me guiava, sabia que precisava dela, precisava de nós, aquilo era algo único e terrivel ao mesmo tempo, estava cansado de lutar, cansado que a minha vida não pudesse ser simplesmente normal. Sabe o que é levar seus pensamentos ao limite infinito que nem mesmo sua mente suporta?? Sabe o que é ter seu peito quase sufocando de mágoa e seus músculos tremerem de um jeito involuntário e incontrolável deixando o nervoso tomar conta de si?? É algo... que... até mesmo as palavras me vão faltando...
O que seria minha vida daqui para a frente?? Não era de ferro, era forte mas não um ser sobrenatural!!
"S/n: Não se esconda de seus medos, das suas inseguranças, dos seus pensamentos e muito menos dos seus sentimendo, encare-os, encare eles de frente!!"
Lembro a todo o momento essa frase dela ... como eu seguia em frente sem ela?? Caralho, eu me apaixonei, eu passei a amar alguém que a vida se encarrega de todo o momento me tentar roubar!!! E se eu tentasse mesmo tirar ela do meu pensamento?? NADA, porque ela sempre voltaria e cada vez mais forte depois! Você tenta tirar a garota de sua cabeça mas seu filho da puta de coração luta contra você mesmo e mostra que ele é quem manda, que seu coração sempre vai pertencer a ela, quer sua mente acredite ou não!! Depois como vai ser caralho?? Eu vou adormecer sonhando nela e acordar vendo que não passou disso mesmo?? Um sonho??? Vou estar lembrando que em tempos não era um sonho e tudo isso era real, eu a podia tocar, beijar, agarrar, ter ela para mim!! Puta que pariu Zayn, CORRE, vai procurar sua vida não fique quieto esperando milagres!! Dei um chute para trás na parede me levantando e peguei meu casaco bruscamente da cadeira, ia-me voltando para sair e me fixei primeiro, era apenas um vulto mas logo se tornou mais nitido ... puta ... fiquei estático a olhando, seu rosto continuava igual, suas roupas agora com uma mancha vermelha em seu peito, havia uma raiva enorme passando por mim, sabia que era ela que tinha levado a s/n, me descontrolei totalmente indo na sua direção e a empurrando contra a parede e pressionando minha mao em seu peito. - A S/N?? O QUE VOCÊ FEZ COM ELA PUTA DE MERDA?? - toda a sala estremeceu com os meus gritos.
Mulher: Então qual a sensação de perder quem ama?? - sua voz falou soltando uma gargalhada no final, aquilo me deixava completamente louco, agarrei seu braço o suficientemente forte para deixar marcas nele e a joguei contra a parede novamente. Num movimento rápido segurei seus cabelos os puxando em meu punho que os apertavam. Toda  a gente do hospital me olhava como se não entendesse o que eu fazia, acho que eles não conseguiam vê-la afinal ela era apenas um espirito, estava morta ... - Está magoando esse sentimento Zayn?? Responde!!
Eu: ONDE ELA ESTÁ?? FALA LOGO!!
Mulher: Porque eu te diria?? Hã Zayn?? Eu apenas estou brincando um pouquinho com esse coração - sua mão pousou sobre meu peito acariciando-o em cima de minha camisa, logo desviei sua mão de mim - Você a ama ... isso é o que importa!!
Eu: Você é uma cobarde ... puta, vadia você nem viva está, porquê isso??
Mulher: É cobardia porquê?? Porque dessa vez nossos papeis inverteram?! Porque agora quem sente dor é você?? - engoli seco, segurando as lágrimas de raiva que enchiam meu olhar, criando uma ardência em meus olhos - Magoa?!! Magoa saber que te estão tirando quem você ama sem te dar oportunidade de sequer a ver ... Doi perceber que no momento em que sua vida estava dando certo e você estava encontrando a felicidade, agora, agora te fizeram cair nesse poço escuro novamente, arrancaram de você o que te fez viver, o motivo pelo qual você descobriu que a palavra amor realmente existia?!! Sabe essa dor que está tomando conta de seu coração e acelerando dele de um jeito que chega a magoar bruscamente seu peito?!! Todo esse sentimento não é nem metade daquele que vocês criaram em mim!!
Eu: PÁRA, Pára de falar que a gente destruiu sua vida!! VOCÊ MESMA A DESTRUIU, VOCÊ FOI QUEM NUNCA SUPEROU ESSAS VISÕES DE SUA CABEÇA!! - seu olhar  fixou-se em mim e parecia haver um força incontrolável dominando ela agora, suas mãos agarraram minhas camisas e ela me levantou jogando bruscamente pelo chão, consegui ouvir os gritos das pessoas que estavam ali na sala, fugiam desesperadas, jogando cadeiras no chão para conseguir sair dali, choros, gritos ...
Mulher: EU NÃO SOU LOUCA!! VOCÊS CRIARAM ESSES DEMÓNIOS EM MINHA MENTE, EU VI-OS, VI-OS TODAS AS NOITES, ... eles-eles magoavam muito, me  faziam gritar de desespero, me magoavam ... EU SENTIA TUDO ISSO!! - ela gritava num jeito de desespero e como se todos esses demonios voltassem em sua cabeça outra vez, seus olhos mostravam medo ... eu mesmo começava ficando assustado, á medida que ela se aproximava eu tentava arrastar meu corpo mais para trás sem descolar nossos olhares. - Meu corpo era dominado por eles, eu tinha medo, muito medo, eu queria fugir daquele momento mas ninguém ouvia meus gritos de desespero escondidos atrás de meu olhar, ninguém via isso, nem sequer tomavam atenção ao meu sofrimento ... Eu não era má, simplesmente minha alma foi roubada por eles aos poucos, eu passei sendo simplesmente um anjo que tinha sido arrastado para o inferno, dias e dias, noites e noites, anos... e tudo desapareceu mas... mas voltou!! E eu não impedi sua volta... - haviam lágrimas, lágrimas mesmo correndo seu rosto, sua alma parecia tão magoada, sofrida... seus olhos encaravam agora o chão, ela estava sentada num canto da sala agarrando suas pernas entre os braços e chorando. Ambos ficamos em silêncio apenas se ouviam os seus soluços ...
Eu: O que você quer que eu faça para que a s/n fique a salvo?? - perguntei receoso com a sua reação à minha pergunta, ela levantou lentamente o rosto de suas pernas em olhando com os olhos marejando em lágrimas. Dava até pena ver ela naquele estado.
Mulher: Já é tarde ...
Eu: O que você quer dizer com "já é tarde"??
Mulher: E...eu não p...
Eu: O QUE VOCÊ FEZ COM ELA??- gritei desesperado me levantando do chão e indo pra junto dela - Por amor de deus me fala que ela não está morta ... - agarrei seu braço o abanando e já haviam lágrimas caindo de meus olhos sem que eu as segurasse. - Fala alguma coisa ... ME RESPONDE PORRA!!!
Mulher: Me desculpa! Eu destrui vossas vidas, eu vinguei minha dor em vocês, eu me culpo tanto por isso!! Eu fiz tudo errado... me desculpa!! - ela apoiou sua cabeça em meu braço, sentia suas lágrimas molharem minha pele enquanto mais lágrimas rolavam de meus olhos quando ela falava. Sua voz saía muito fraca e falhava ás vezes... era  mentira, tinha de ser ... ohh meu deus se ela estivesse mesmo m-mort... NÃO!!!! A vida não pode ser tão injusta assim ... afastei seu rosto, já quase sem forças e me levantei encostando meu braço na parede e apoiando aí minha cabeça. O que estão fazendo comigo?? Eu não a podia perder... minha respiração tornava-se tão pesada e lenta que tinha dificuldade em tomar ar às vezes, aquela dor estava me matando, estava me deixando perdido.
Eu: COMO VOCÊ PODE FAZER ISSO??? - falei sem olhar nos olhos dela.
Mulher: Eu apenas queria que vocês sentissem o que era a dor que perder quem você mais ama, queria acabar com meu sofrimento fazendo vocês sofrerem e... e agora e-eu me s...sinto tão mal!! O sofrimento é ainda maior porque eu-eu deixei-me tornar igual a esses demonios que eu queria destruir de minha mente. Eu sou uma fraca, acabei me deixando tornar como eles... num ser mau, que não sente pena ...
Eu: Me fala pelo menos onde ela está... - esforcei-me para que minha voz saisse, já que ela quase inexistente. Ela não disse nada - Você não entende?? Meu coração, minha mente, meu corpo ACABOU DE MORRER!! Eu não arranjo forças para pensar, eu não arranjo palavras ... eu me sinto morto ... Eu arrisquei tudo para não a perder e esse tudo não foi o suficiente, eu sou um cobarde, não fiz nada para que a vida dela não pudesse acabar ...
Mulher: Não, não fique pensando desse jeito ... Eu te deveria ter ouvido mais cedo, eu devia ter visto a mágoa que seus olhos escondiam... assim tudo mudaria ... - me joguei pela parede abaixo e abafei meu rosto entre os braços, meu rosto estava completamente húmido e meus cabelos todos bagunçados ...
"Acabei de perceber que não encontro mais palavras para o significado que realmente tens na minha vida ... entrei num mundo, escuro, sem ninguém, sem mim, sem nós, um lugar  totalmente desconhecido para mim, não o quero descobrir por isso vou manter-me distante. Palavras são somente palavras, coisas lindas todo o mundo fala, acho que o amor se tornou num mero sentimento vulgar... acho que hoje encontrei o seu verdadeiro sentido, meu olhar fala todas essas palavras por mim, o seu brilho, esse brilho que você criou neles, antes porque era feliz por sua causa, agora  ... agora esse brilho são lágrimas ... Guardei todas essas atitudes em mim, seu toque, seu sorriso, seu olhar. Era estranho me aperceber que quando olhava profundo nos seus olhos, eu via tudo o que sempre quis ... agora não tenho nada ..."
Mulher: Procura bem dentro de seu coração e você vai encontrar a resposta!! - ela me tirou do transe, por momentos não percebi o que aquilo significaria mas... depois seu olhar ficou no meu e foi como se seus olhos controlassem minha mente... e desapareceu ... meus olhos fecharam por um segundo e quando os abri ela não estava mais lá ... engoli seco, a única coisa que ela me disse, aquela frase e depois sorriu, mas dessa vez um sorriso puro, sincero, angelical ...
Me levantei do chão e ... afinal o que tinha sido aquilo?? Caminhei até á porta meio desorientado, começaram entrando muitas pessoas dentro da sala novamente, todas me olhavam estranho provavelmente pensavam que era louco, que se foda!! Os médicos andavam de um lado para o outro ... era um mundo de gente, muita agitação, muita confusão, todos aos encontrões, senti alguém bater bruscamente contra meu ombro mas não liguei e segui sempre em frente mas logo a senti pegar meu braço a voltando para si.
XXX: Sr. Malik!! - a encarei sem dar uma única fala, ela ia me fazendo perguntas mas eu não estava com a mínima atenção, de repente ouvi alguém gritar o nome da s/n, foi como se aquilo me despertasse completamente, a desviei pro lado e tentei encontrar quem falou o nome dela, no fundo havia um médico não aparentava muita idade, ele voltou chamando o nome dela e a tentava procurar correndo toda a sala com os olhos ... apenas se ouviam pessoas gritar indignadas e que estavam já esperando á muito tempo, crianças chorando ...
XXX2: Quem é o garoto?? - um homem apareceu do seu lado, pela forma que se vestia certamente era outro médio.
XXX: O namorado da menina ... - ela disse atrapalhada. Naquele momento passou na minha cabeça a imagem de uma parte do hospital, ela estava lá?? " Procura bem dentro de seu coração e você vai encontrar a resposta!!" ... Corri no meio de todo o momento tentando atravessar a sala, era impossivel não esbarrar em cada pessoa que ali estava enchendo a sala, apenas tentei ser o mais rápido possivel. Esbarrei numa menina.
Eu: Você tá bem pequena?? - me baixei ficando da sua altura, a menina parecia ter apenas uns quatro aninhos, seu rosto pequenino e angelical me olhava calmamente, sua mão pegou na minha e ela se aproximou de mim sussurrando em meu ouvido. Aquele toque, o olhar ... havia algo de estranho ela se parecia tanto à s/n!!
Menina: ...



#Flashback on#


S/n: Vamos?? - ela se volta para mim apoiando sua mão em meu peito, a encaro e logo noto a presença de alguém estranho, subo meu olhar e lá estava ela, noto meus ombros ficarem tensos ... Conseguimos sair do poço ... mas essa puta tinha que voltar, será que dá para dar  um fim nisso tudo?? Estava ficando impossível nos escondermos dela ou mesmo fingir que ela não existia ...


S/n P.O.V.
Mulher: Vão embora?? Vão ser felizes é Zayn?? Vai levar sua princesinha embora e tentar escondê-la de mim?!! - me volto apercebendo-me da sua presença ali, Zayn apoiou suas mãos sobre a minha cintura, notei que seu corpo gelou ao vê-la ali. - Quem será o maior perigo para ela?? Eu ou ... você? ... - arqueei minha sobrancelha não entendendo o porquê dessa pergunta, mesmo assim o corpo dele estremeceu e senti sua temperatura subir e suas mãos ficarem um pouco suadas. Voltei um pouco meu olhar me centrando no Justin, sua cara parecia ter gelado com a pergunta e ele apenas olhou o Zayn de um jeito estranho voltando a fitar o chão.
Zayn: Cala a boca velha! - sua voz saiu mais grave que o normal parecendo nervoso com o que ela pudesse dizer.
Mulher: Ainda é tudo uma aposta?? Ou ela se tornou em mais?? - era bem nítido que ela o estava provocando e tentando levar ao limite, mas não entendia de que aposta falava e quem era essa "ela"?!
S/n: Do que é que ela está a falar?? - perguntei confusa, ambos me olhavam nervoso sem responder - QUE APOSTA É ESSA CARALHO??
Mulher: Então?? O Alex te deve dever um bom dinheiro não??
Zayn: CALA A PORRA DA BOCA!! - seu rosto estava completamento pálido, ele e Justin estavam tensos e focados um no outro.
Justin: Chega! - falou rouco a olhando fixamente nos olhos, ela apenas esboça um pequeno sorriso vitorioso. Sentia-me totalmente deslocada, não entendia do que falavam e o que tanto me escondiam, confesso que isso me começava colocando nervoso também a mim, olhei para ela por breves segundos sentindo a respiração pesada de Zayn contra meu pescoço e me causando leves arrepios.
Mulher: CONTA-LHE!! - sua expressão mudou radicalmente, nesse momento me assustei com o seu grito e o jeito como nos olhou, senti uma mão agarrar fortemente em meu braço e me tentar afastar dali ... Não sei porque mas naquela hora sentia uma raiva interminável deles os dois por não me contarem o que se passava!! Estava a jogar comigo era isso?? Filhos da puta ... soltei meu braço bruscamente de Zayn me voltando para trás ficando de frente para a mulher.
Zayn: S/n ... - seus dedos deslizam suavemente sobre meu braço destapado, como se me suplicasse para que eu fosse embora dali agora.
S/n: DO QUE VOCÊ ESTÁ FALANDO, VAI DIZ CARALHO!! - as lágrimas encheram meu olhar tornando minha visão um pouco fusca já que eu as tentava prender. Meu corpo esquentou também um pouco apesar da temperatura ali ser gélida, a raiva que tomava conta do sangue que circulava em minhas veias fervia.
Justin: S/N! - sua mão agarrou de forma bruta a minha quase arracando minha pele fora e fazendo meu corpo desiquilibrar até um pouco, ele parecia irritado pelo facto de eu não estar querendo ir embora ... O que eles escondiam assim de tão ruim porra?!!
Mulher: Ela merece saber a verdade!! - seus risos ecoavam em minha mente deixando meu corpo cada vez mais trémulo. - Já conquistaste a confiança dela, já tiveste a vitória, qual o mal dela saber?? Ou tem mal Zayn?? Vai lhe conta o que você escondeu dela esses últimos dias ... - vi o corpo de Zayn ficar mole, seus olhos apenas se mantinham fixos no chão ... Não Zayn, não você não pode ter brincado desse jeito comigo!!
As memórias começaram surgindo em minha mente, como fui tão burra em não perceber?? Havia ainda uma parte de mim que esperava que tudo fosse mentira e ele tivesse coragem de me olhar nos olhos, bem lá no fundo, e falar isso ... meu coração gelou naquele preciso momento ao ver que ele apenas baixou o olhar e um lágrima correu meu rosto
S/n: Olha-me nos olhos Zayn ... - sussurrei entre lágrimas junto dele, mas ele apenas se manteve estático ali na minha frente sem fazer o minimo movimento possível ou sequer falar alguma coisa. Abanei a cabeça lentamente a deixando cair para trás e não querendo acreditar em tudo isso, OTÁRIO!!! - OLHA PRA MIM!! - gritei agarrando seu rosto em minha mão e o obrigando a me olhar... seus olhos se encheram de lágrimas e de sua boca não saiu uma única palavra ... o soltei e dei alguns passou para trás, minha respiração parecia ter sido cortada e as lágrimas que tentava engolir começaram tomando conta de meu rosto.
Zayn: E-eu ... ERREI CARALHO MAS O QUE EU VIVI COM VOCÊ FOI VERDADEIRO!! - ele chorava.
S/n: O QUE EU PENSAVA ESTAR A VIVER FOI VERDADEIRO ... O QUE VOCÊ VIVEU ... FOI UMA APOSTA!!!
#Flashback off#



#Flashback on#


Zayn P.O.V.
Alex: Ouuu mano você está ... ahaha ... está .... com uma ahah ... pedrada!!
Eu: Eu ... só me estou ... divertindo ahah!! - digo me apoiando em seu ombro e ambos acabamos caindo por lado ... Eu já não me segurava em pé caralho!! Sentia uma completa energia tomando conta de mim mas era estranho porque as forças iam-me faltando e ... era louco mas sentia-me bem, era reconfortante aquela adrenalina!!
Alex: Sabe quem está vindo aí?? - o olhei bebendo o resto da minha bebida - A s/n!!  - comecei rindo - Você ri, mas sei que está morrendo de saudades da garota!!
Eu: Sabe o que eu tenho saudade nela?? TRANSAR MANO!!! - senti a cabeça um pouco zonza e apoiei meu cotovelo no balcão ainda rindo.
Alex: Aposto que ela não quer mais nada com você otário de merda! - ele solta um gargalhada pedindo mais uma bebida - Você a magoou mano, acha que ela vai cair nos seus joguinhos outra vez?? Acordaa malik, a s/n não é burra!!
Eu: Isso é o que você fala!! Eu penso diferente, basta eu lançar meu charme para cima dela e te garanto ... a tenho na mão em pouco tempo!! - falei estendendo minha mão e ele a aperta.
#Flashback off#



#Flashback on#


S/N P.O.V.


Zayn: E-eu ... ERREI CARALHO MAS O QUE EU VIVI COM VOCÊ FOI VERDADEIRO!! - ele chorava.
S/n: O QUE EU PENSAVA ESTAR A VIVER FOI VERDADEIRO ... O QUE VOCÊ VIVEU ... FOI UMA APOSTA!!! - desvio meu olhar do de Zayn - Você sabia porra ... - disse olhando o Justin.
Justin: E-eu (...)

Continua...
xxAndy

Nenhum comentário:

Postar um comentário