segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Magic - 3ª Temporada - Capitulo 16 - Embriagados

 

Patricia P.O.V.

 

Depois do banho, sentia uma sensação estranha em minha barriga... estranha, irritante e incómoda, mas diferente de todas, era uma sensação engraçada, que me deixava nervosa, mas sorridente. Era como se borboletas invadissem meu estomago. Ahh e não meu deus, nem pensarrr que eu to gravida tá?! Impossível sentir isso momentos depois de ter feito... bem vocês sabem... o acto!!

Enquanto procurava uma roupa vestir sinto um beijo ser depositado em meu pescoço, me fazendo rir, sinto ele sorrir contra minha pele. Inalo seu perfume, me aterdoando e me tirando de meus pensamentos...

Eu: Hmmm cheiras bem. – ele sorri me virando de frente para ele. – que foi?! Só falei verdade!

Louis: Eu sei!! Só ainda não falou o que eu queria ouvir!!

Eu: Ahhh não Boo, outra vez não!! – falei rindo e me escapando de seus braços me lembrando da cena que se havia passado há umas horas atrás.

Louis: Que é que é?! Porque custa tanto pra você falar isso sua babaca?!!

Eu: Babaca não hein?! – começo correndo em direção ao banheiro.

Louis: Hmm vem cá garota!! – ele começa correndo atrás de mim, me fecho lá dentro, impedindo ele de entrar – ahhh porque isso?! Não gosta da minha companhia?

Eu: Gosto do banheiro!! Sei lá é tão... romantico!! – gargalhei alto pra que ele ouvisse, ele batia na porta e a tentava abrir a todo o custo, percebi ele resmungar do outro lado.

Louis: Eu também posso ser romantico sabe?! – ele fala, sua voz ligeiramente mais rouca do que o normal – mas, só se entrar aí dentro!!

Eu: Então é melhor esquecer a ideia... – falei triste, mas rindo por  dentro – fica pra próxima então...

Louis: Olha, eu vou lá baixo, só não sai daí mesmo!! Quando voltar, quero essa porta aberta e você me esperando tá?!

Eu: Claro bebé!! Vai, leva o tempo que for preciso!! - sinto ele rir do outro lado da porta, ouço passos e a porta do quarto bater. Saio do banheiro... - ok, tenho de ser rápida por issoooo... hmmm...  – peguei uma roupa interior pra vestir, já que apenas tinha a tolha enrolada por meu corpo, e subi a calcinha por minhas pernas e de seguida coloquei um sutien de renda preta. Mais tarde lembro que a porta estava apenas encostada, dei um pulo pensando na hipótese de alguém ter entrado enquanto me vestia, corro rápido até lá e a tranco, assim podia evitar surpresas né?! Ouço batidas na porta...

Louis: Eu falei pra ficar me esperando, mas não pra trancar essa porta também!!

Eu: Já vaiii, ahhh que chato!! – sigo em direção a porta e a abro, ele entra que nem um relâmpago e tranca a porta de seguida, guardando a chave em seu bolso.

Louis: Pronto, assim evitamos mais problemas!! – ele sorri me provocando, talvez pensando na possibilidade de eu me trancar novamente. – vá, agora veste uma roupa que agora sim, vamos sair!! 

Eu: Ahhh ainda não me falou pra onde seu idiota!!

Louis: Idiota que você ama!! – ele fala me sorrindo e pressionando seus lábios nos meus, os separando de seguida – porque ficas tão aterdoada quanto te beijo?! – ele ri. Ergui minhas sobrancelhas, na dúvida do que ele pretendia como resposta... nem eu mesma a sabia. Porque ele tem esse efeito?! Nem sei, só sei que gosto!

Eu: Onde vamos mesmo?! – ele gargalhou com a minha tentativa falhada de mudar de assunto – ahh vá lá boo, tenho de saber que tipo de roupa visto né?!

Louis: Vamos a uma balada!! Melhor assim?! – ele resmungou com minha teimosidade.

Eu: Vai mais alguém?!

Louis: Hmm vai a Elodie, o Harry, o niall, a bia, o zayn, a andy, o liam, a nocas... nós...

Eu: Vai toda a gente né?!

Louis: Yap

Eu: Ahh tá!! Agora deixa eu me vestir então!! – ele concordou, se afastando até a cama. – nem pensar que vai ficar me olhando!! Vai embora garoto!! – falei o arrastando até a porta. Ele gargalhava com a minha falta de forças para o empurrar. Ele próprio seguiu até a porta, a destrancando e me dando a chave pra mão.

Louis: Vê se não demora tá?! – ele me olha sorrindo, assenti. Tranquei a porta de seguida e segui até ao armário, procurando uma roupa não tão confortável pra usar. Dessa vez decidi usar uma saia preta que tinha algures no meio das outras e uma camiseta um pouco mais larga num tom igualmente escuro, a combinar com pulseiras prateadas e umas vans pretas. É, eu nunca gostei de andar de salto alto mesmo, e não me pareceu assim tão má combinação. Acabada de me arrumar peguei um colar de corrente igualmente prateado e saí. Deixei meu cabelo solto e assim que chego fora da porta vejo Louis me esperando na escada. Seu olhar percorre meu corpo, me deixando ligeiramente incomodada, ele sorri de canto e se levanta em minha direção, me dando uma pegada pela cintura.

Louis: Já não sei se quero sair! – ele ri com um olhar malicioso. Repreendo-o, batendo com a palma de minha mão em seu peito. Descendo as escadas apenas Harry e Elodie se encontravam nos esperando.

Elodie: Ahhh hoje teve né?! – ela fala dando um pisquete de olhos pra Harry, nos olhando sorrindo maliciosa. Louis ri pra ela, meio que dando uma confirmação, fiquei o olhando boqueaberta... ninguém precisa saber disso, você tem noção né Louis?! Ele ri como que tivesse lido minha mente. Seguimos em direção ao carro.

 

(...)

 

Eu: FODASSE LOUIS, ONDE ESTÃO TODOS?! – gritei, devido ao barulho que ocupava todo o local, era quase impossível ouvir nossas vozes.

Louis: EU NÃO SEI CARALHO!! MAS ALGO ME DIZ QUE AMANHÃ VÃO ESTAR TODOS DE RESSACA!!

Eu: AI SÉRIO?! – bufei irritada, mas essa gente tem o quê na cabeça?! – VAMOS LÁ PRA FORA !! AQUI DENTRO MAL CONSEGUIMOS FALAR!! – ele assente e eu o puxo pela mão até cá fora. Ahh silêncio, como eu te amo!!  - Bem, já são quase 4h da manhã...

Louis: Ahhh não quero nem mais ouvir o Harry falar nos seus momentos prazerosos com as garotas!! Nem sei como é que ele arranjou namorada!!

Eu: Ah mas eu sei... não te preocupes, eles ficam bem um pro outro!! – falo rindo.

Louis: Vamos então?! – assenti. Ele me guia até o carro, chegando lá ele tenta abrir a porta, mas estava trancada. Ele percorre seus bolsos procurando pela chave, mas seu olhar se encontra com o meu preocupado... – ahhh porra, quem tem as chaves é o Harry!!

Eu: E você deu a chave pra ele?!

Louis: É!!

Eu: Você tem noção que agora vai ter de ir buscá-la né?!

Louis: Ahh também pode ir você!!

Eu: Eu não!! Não fui eu quem esqueceu de pegar as chaves!!

Louis: Tá... – ele suspira, coçando a cabeça – e que tal irmos a pé?! – eu ia abrir a boca pra dizer alguma coisa, mas no momento aquilo pareceu-me uma boa ideia.

Eu: Vamos lá então!! – ele sorri dando-se como vencedor. Seu braço aconchega meu corpo contra o seu nos aproximando. Fomos caminhando até casa, em silêncio, a brisa do vento deixava meu cabelo alvoriçado e me provocava arrepios, ele se apercebe, me apertando contra seu corpo. Uns garotos loucos iam passando num carro, até que uma bola se atravessa em seu caminho, fazendo o carro quase rodopiar, mas a velocidade a que iam manteve-se. Dei um pulo pra trás, acabando de me aperceber que podia acabar sendo testemunho da morte de jovens em acidente de viação. A bola chega nos pés de Louis, ele ri dando um chute nela pra frente, e depois dando vários toques... ele bem que podia ser futebolista! Fiquei apenas olhando ele se divertindo com a bola quando mais a frente, já perto de nossa casa ele manda um chute com mais força e a bola bate forte em um vidro, quebrando ele.

Louis: Oh fodasse! – ele olha-me assustado.

Eu: Boa Louis!! – vejo um homem sair da porta da casa que o vidro tinha partido e olhar para nós com a bola na mão, seu olhar furioso - Sabes, agora parece-me boa ideia fugir!! – ele assente, e segura em minha mão, me puxando com ele. Percorremos cerca de meio quilómetro correndo até que chegamos em casa, pego as chaves rápido e abro a porta, mas minha força torna-se tão grande que ela acaba fazendo um estrondo na parede, fechei rapidamente e encostei-me contra ela, tentando recuperar a respiração e olhando Louis sério. Ele estava sentado no chão, esperando sua respiração acalmar com a mão no peito, ele me olhava assustado, talvez com medo da minha reacção. Comecei rindo da sua cara.

Louis: Para de rir de mim garota!! – ele fala me puxando pra seu colo e se deitando pra trás, me levando junto. Era, impossível, não rir!! – Que foi?! – ele pergunta confuso e nervoso - Eu acabei de partir um vidro com a porra de uma bola que veio do nada!! Porque tá rindo?!

Eu: Precisamente por isso seu babaca!! Só mesmo você!! – tava quase perdendo o ar de tanto rir.  - WOW!! Pra além de assustador, isto foi excita...

Louis: Excitante?! – agora ele me olhava malicioso, mordendo o lábio inferior. Bati em seu peito, me levantando de seu colo. Agora era ele quem ria.

Eu: PARA DE RIR SEU IDIOTA!!

Louis: Pronto, parei!! – ela fala se levantando mas ainda rindo levemente. Ouve-se o som da porta a abrir, olhamos um para o outro assustados, mas que porra é essa?! O homem seguiu-nos até casa e agora vai mandar a gente pagar é?! Seguimos os dois para trás do sofá, espreitando para a porta.

Andy: Ahhh finalmenteeee... casa!!! - levantamo-nos, ela tomou um susto vendo-nos surgir de trás do sofá. Zayn nos olhava rindo. 

Louis: Ahh nem fala nada!! A gente ia morrendo de susto!! – Louis fala avisando zayn. 

Zayn: Não falei nada!! – ele fala erguendo os braços acima de seus ombros, rindo. Suspirei indo ter com eles.

Eu: Graças a Deus alguém sóbrio gentee!!

Andy: Como assim sóbrio?!

Eu: Então como eu vou dizer isso... A PORRA DAQUELES GAROTOS NÃO SABEM NEM DISTINGUIR ÁLCOOL DE ÁGUA, MAS MESMO ASSIM DECIDEM BEBER 5 LITROS NA MESMA! RESULTADO: EMBRIAGADOS!! – suspirei - Se estão a espera que eu os vá buscar à balada porque nenhum deles está suficientemente sóbrio pra dirigir a porra do carro que se desenganem!! Nem pensar que saio mais dessa casa hoje!!

Andy: Ah nem eu!! Os rapazes que vão!! – eles nos olham ao mesmo tempo, contrariados.

Louis&Zayn: Ahh eu não vou!! 

Eu&Andy: Vão sim!! – afirmamos.

Louis: Mas que...?

Eu: Nem começa Louis... – entreolhamo-nos. Depois de algum tempo chegamos a uma conclusão... – ninguém vai né?! – suspirei – Então fodasse esses garotos!! – eles concordaram rindo.

 

Continua...

 

 

 

 

xxPatrícia

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário