domingo, 15 de dezembro de 2013

Magic - 3ª Temporada - Capitulo 12 - Sair, e viver!



Nick P.O.V

 

Passavam-se horas e horas e eu não sabia mais o que fazer... porque essa garota fez isso comigo hein?? Fodasse Andy, a gente tinha tudo pra dar certo... eu só precisava de você agora pra mim, não aquele Malik!!

Subi até ao seu quarto, e qual não é a minha surpresa quando encontro os dois pombinhos deitados bem juntinhos na sua cama, ahh até pareciam um verdadeiro casal romantico, já viu bem?? Abro a porta com força e entro com toda a brutalidade...

Eu: Filho da puta, como eu te odeio Malik!! – sussurrei. Estava bem perto de esmurrar aquele garoto... mas depois, quando cheguei perto deles e olho andy... ela parecia... calma, segura, feliz!! Algo que comigo eu nunca tinha visto antes! Era como se no momento nada a pudesse tirar dali!

(...)

Porque você escolheu ele andy?? Porque?? Senti meus musculos tensos, sentia minha cabeça a mil!! Ahhh porra garota!! Eu te amava de verdade, porque escolheu esse babaca?!

Afastei-me, eu não poderia fazer mais nada... era entre eles, se eu não a fazia feliz, então eu teria de a deixar se-lo a sua maneira!! Sinto uma lágrima correr meu rosto.

Ahh fodasse, como eu odeio essa vidinha de merda!!

Peguei o celular e marquei o numero de Joe...

 

 

#Ligação ON#

Eu: Joe caralho!! Onde você anda?

Joe: Heyy calma garoto, que maneira de se tratar os amigos!!

Eu: Ah tá! Onde você tá?

Joe: Ermm... algures no paraíso!!

Eu: O que?

Joe: Ahh fodasse nick, estou num bar!

Eu: Tem alguma coisa combinada pra logo??

Joe: Não... porque? Você tem?

Eu: Vem ter cá a porta de casa me buscar, eu depois falo o que faremos!!

Joe: Ahhh tá!! Não sei se esqueceu, mas se eu passar se quer perto dessa casa, eu vo entrar!! E olha que eu te digo, algo vai acontecer!!

Eu: Ah vá lá, deixa de ser idiota e vem cá por volta das 18h tá?

Joe:  Tá!!

Eu: Xau

#Ligação OFF#

 

Segui direito a meu quarto, então eu havia me apercebido do quão bagunçado ele estava!! Várias roupas espalhadas lá, os lençóis da cama quase que caidos sofre o chão, e travesseiras por todo o lado. Comecei arrumando os lençois e fazendo a cama bem direitinho, nem eu mesmo sei a quanto tempo atrás eu não fazia “tarefas domésticas”, depois coloquei todas as minhas roupas, do armário e as do chão, em cima de minha cama. Coloquei todas elas dentro de uma mala, com todos os meus bens. Depois de alguns tempos já estava tudo pronto.

Peguei um papel, e uma caneta. Comecendo escrevendo umas frases, talvez insignificantes, mas eu tinha de escrever!! Depois de algum tempo apercebi-me de lágrimas que invadiam meus olhos. Tentava impedi-las de cair. Eu era mais forte do que isso!!

Depois de alguns minutos tinha terminado, peguei um envelope e coloquei dentro. Sem esquecer, coloquei um pouco de perfume nela. Já que não vo mais cá estar, pelo menos vo deixar parte de mim, pra pelo menos, depois ela me lembrar.

Eram agora 12h. Desci as escadas, todos estavam em seus quartos. Fui até a cozinha, peguei duas fatias de pão e barrei um pouco de manteiga lá. Bebi um pouco de suco que estava em meu copo. Estava pousando o copo, quando o ouço partir. Vários pensamentos rolavam em minha cabeça, e então sem me aperceber havia largado o copo de minha mão ainda mesmo antes de tocar na bancada. Lentamente fui me agachando e pegando os vidros. Fiz um corte. Solto um gemido baixo de dor, tentando não incomodar ninguém. Passo  o dedo por água e deito todos as vidraças no lixo.

Harry: Ermm tá tudo bem com você?!

Eu: Ah que susto!! – suspirei sentindo meu coração bater mais depressa – está tudo bem sim!! Desculpa ter te acordado!!

Harry: Eu já estava acordado mesmo!! O que faz aqui sozinho?
Eu: Só vim comer mesmo!! Estava com fome! – falei olhando o corte em meu dedo.

Harry: Tudo bem mesmo? – ele me olhava desconfiado, mas calmo. Assenti.

Cheguei perto dele e o abraço, dando alguns tapas leves em suas costas, como meio que uma despedida, embora pra mim, esse pessoal, seja mais desconhecido. Ele me abraça também, meio que receoso, e da um tapa leve em minhas costas também.

Eu: Olha, eu sei que, por muito mal que eu tenha feito, eu não fiz por mal mesmo... eu só queria a andy pra mim! Eu sei que você vai perceber.

Harry: Não tinha porque fazer isso tudo!! Se era ela mesmo que você queria, porque não falava mais com a gente, interagia mais com o pessoal, porque não era mais amigável?! Nós nunca negamos isso pra você!! Então nós atingimos o ponto, em que já não dá mais pra aturar, percebe?

Eu: É, eu sei! E lamento isso... – apesar de tudo, ele parecia até bem porreiro – olha, escuta!! Eu vo sair, ainda hoje, espero nunca mais voltar!! Só promete pra mim, que vai entregar essa carta pra andy, algum tempo depois de eu sair. – peguei a carta do bolso – não lê ela tá? – olhei-o avisando-o, mas brincalhão -  não fala pra ninguém que eu saí, só entrega essa carta pra ela!

Harry: O que se passa? Porquê isso?

Eu: Com o passar do tempo, nós nos apercebemos de quem realmente amamos, e quem realmente nos ama! – ele me encarava sério, sem perceber ao que eu me referia - E eu percebi que, eu nunca a deixarei feliz como esse Malik deixa! – ele sorri de leve – então, eu prefiro sair, viver esse tempo, fazer merda, mas... sem ninguém pra me incomodar tá?? Já que vocês são uns mariquinhas!! – sorri e bati em seu ombro – bem, eu vo sair daqui a umas horas!! Apenas finge não saber de nada!!

Harry: Tá bom!! Aproveita bem esse tempo então com a tua garota, já que não vai estar mais com ela!!

Eu: Eu vou tentar!! Obrigadão mano!! – sorri. Segui até meu quarto.

 

Harry P.O.V

 

Sentia-me ainda perplexo. Ele ia embora. Tá. Nada que eu nunca tivesse desejado. Mas agora, ele parecia porreiro, bacano, mas... porque ele nunca tinha sido assim antes? Porque não tinha mostrado seu outro lado? Talvez tudo tivesse sido diferente.

Por muito mariquinhas que possa soar, suas palavras ficavam agora registadas em minha mente “Com o passar do tempo, nós nos apercebemos de quem realmente amamos, e quem realmente nos ama!” então, eu não posso mais largar ela “Elodie”, não posso deixar ninguém afastar ela de mim, já que agora, ela faz parte da minha vida!!

Sentia nervosismo, já que apenas eu sabia disso, não quero me sentir culpado por fazer ele ir, mas, vai acabar sendo o melhor pra todos nós!! Eu sei que andy vai ficar triste, mas ela vai acabar por perceber. Sentia curiosidade em abrir o papel, mas isso não seria certo. Daqui a algum tempo, quando ele já tiver saido, vo entregar ele pra ela, e pronto!!

Continua...


 

xxPatrícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário