quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Magic - 3ª Temporada - Capitulo 5 - Hospital



Não liguei pra ele, apenas me concentrei na dor forte que se concentrava em minha nuca, levei minha mão a ela, um rasto de liquido vermelho corria por ela. Seus passos pesados em direção a mim… Vou gatinhando até ao lava mãos, seguro meu corpo em meus antebraços apoiados na bancada agora e me levanto lentamente, abro a torneira e deixo a água correr, deixei que a água escorresse por minhas mãos, ensanguentadas, enquanto minha cabeça parecia rebentar, podia jurar que via 2 fios de água escorrendo… 2 torneiras, 4 mãos… uma forte dor concentrou-se em minha nuca, uma dor que nunca antes havia sentido…

(...)

 
 

XXX: Mas ela está bem? – uma voz ao longe ecoava em minha cabeça, era uma voz feminina… poderia dizer mesmo que era patricia…

XXX2: Está a melhorar…mas terá de ficar mais uns dias para averiguar que não agrave, mas dentro em pouco tempo poderá voltar para casa novamente…

XXX3: O QUÊ? MAS VOCÊ ENDOIDECEU?! ELA JÁ CÁ ESTÁ FAZ QUASE UMA SEMANA!! A MERDA DE UMA SEMANA, A PIOR SEMANA DE TODAS AS QUE EU TIVE EM MINHA VIDA!! SABE O QUE É VER ELA ALI DEITADA, SEM NEM REAGIR?? NÃO, CLARO QUE NÃO SABE!! ELA NÃO É NADA A VOCÊ, É APENAS UMA PACIENTE!! – Zayn? O que ele fazia aqui? Não, pera… o que eu faço aqui?

Patricia: CALMA ZAYN PORRA!! VAI FICAR TUDO BEM!!

Doutor: Eu acho melhor você se acalmar… caso contrário eu serei obrigado a chamar os seguranças…

Zayn: CHAME SEGURANÇAS, CHAME O CARALHO QUE QUISER, EU NÃO SAIO DAQUI ENQUANTO ELA NÃO ACORDAR!! – ouvi um estrondo ecoar na parede…

Patricia: FODASSE ZAYN!! PARA COM ISSO, VOCÊ ACHA QUE NÃO ESTÃO TODOS PREOCUPADOS, QUE NÃO ESTÃO TODOS COMO VOCÊ??

Zayn: NINGUÉM ESTÁ! PORQUE NINGUÉM SE PREOCUPA COM ELA COMO EU!! NINGUÉM!!

Patricia: EU LEMBRO DELA BRINCAR BEM PEQUENINA, E SABE COM QUEM ELA ESTAVA EM VÁRIOS DESSES MOMENTOS? COMIGO!! COM A ELODIE, NOCAS, A BIA… VOCÊ NÃO SABE O QUE FALA!! EU PASSEI A MAIOR PARTE DE MINHA VIDA COM ELA, VOCÊ CONHECE ELA FAZ MESES E DIZ QUE APENAS VOCÊ SE PREOCUPA?! ME POUPA ZAYN… PELO MENOS PENSA NO QUE FALA ANTES DE ABRIR A BOCA!!

Tentava de todas as formas abrir a boca, e dizer algo para fazer eles dois pararem… minha voz não soava, meus olhos mantinham-se fechados…

Eu: Eu… - falei mais alto… ouço passos até a porta, rapidamente aberta... – eu acho melhor vocês pararem de discutir… - sorri, abro os olhos lentamente, a claridade batia em meus olhos, fazendo eles arderem um pouquinho, uma dor mais leve surgiu em minha cabeça…

Zayn: Voce está bem?? Poxa andy, pregou-nos cá um susto… - sinto seu perfume doce, ele me abraça forte, eu diria mesmo um pouco demasiado forte, guinchei um pouquinho, eles sorriem um pouco de seguida…

Patricia: Um susto tão grande que eu pensei que iria ficar tola de ver Zayn andando de um lado pro outro a todo momento, sempre perguntando por novidades… nick veio cá umas vezes, e ficou preocupado sim… mas os problemas lá em casa deixaram-no stressado, então quem mais cá vinha era Zayn, passava cá noite e dia, era difícil tirar ele de perto de você, mesmo que chamassem a segurança… ele estava pouco se fudendo pra aquilo…

Eu: WOW! Quanto tempo eu fiquei assim?

Patricia: Uma semana…

Eu: O que aconteceu de tão grave assim? Eu só lembro em discutir com o joe… - tentei relembrar – e depois não lembro mais nada… - o silencio instalou-se… de algum modo senti-me estranha…

Patricia: Melhor não falar nisso agora… - a expressão de Zayn não era das melhores, eu podia mesmo até ver um pouco de raiva…

Eu: O que se passou??

Patricia: Tem a certeza? Olha, eu não sei bem mas… eu acho que não será bom agora falar nisso… - ela falou baixo, e tentando me dizer ou pelo menos explicar que Zayn ficaria bravo… assenti. Mas ele havia percebido.

Zayn: Podem falar vontade, ela merece saber a merda que você colocou lá em casa!!

Patricia: PARA COM ISSO ZAYN!! POXA, PARA DE ENCHER O SACO!!

Zayn: EU SÓ TO FALANDO VERDADE!! PORQUE VOCÊ COLOCOU AQUELE FILHO DA PUTA DENTRO DE CASA??
Patricia:
OLH…

Eu: PAREM!! – falei já irritada com as discussões deles, senti uma dor, soltei um guincho, logos suas expressões eram de assustados, soltei uma risada… - parem com isso, não quero discussões logo a essa hora… - falei – que horas são mesmo?

 

Continua...

---------------------------------------Patrícia----------

Nenhum comentário:

Postar um comentário