sábado, 26 de outubro de 2013

Imagine Zayn - Nothing Like Us

Música Nothing like us Justin Bieber

 

 

 (ouçam-na enquanto leem o imagine, mas leiam mesmo!!)

 

 

 

Louis P.O.V.

 

A sala estava cheia... essa era  a última vez ... ele tinha partido não fazia mais sentido continuar um sonho que era de cinco garotos!!

 

 


#Flashback on#

 


Zayn P.O.V.


Era mais uma manhã de sábado como todas as outras, onde eu estava livre do mundo, era apenas eu e ela, meu bem mais precioso. Acordo com os trovões e a chuva que caia lá fora, me levanto tentando não a acordar, sigo ate a á sala, pego meu caderno e me sento junto do piano tentando compor  novas músicas, esfrego meus olhos ainda quase fechados e meus dedos percorrem as teclas do piano tentando encontrar uma melodia que encaixe... nada!! Passados alguns minutos o silencio acaba, logo consigo ouvir música começar a tocar ... a s/n sempre acordava dançando, pondo música... no início eramos ambos rolando nossos corpos ao som da música, meu sorriso ainda existia ...

 

   

S/n: Bom dia principe!! – ela me dá um selinho e segue até á cozinha ... cerro os punhos tentando não gritar, coloco meus cotovelos sobre o piano e levo meu rosto o abafando em minhas mãos. Tudo o que eu menos queria era gritar com ela mas aquela música estava ecoando em minha mente, nossas memórias, e como eu era antes... eu precisava de me concentrar na merda da música porra!! Dou um murro nas teclas do piano, ouço um copo partir, provavelmente ela se teria assustado.

Eu: PODE POR FAVOR PARAR O CARALHO DA MÚSICA?  ESTOU A TENTAR ME CONCENTRAR PORRA! – falo sem a encarar mas logo sua mão toca meu ombro me voltando para trás lentamente, seus olhos brilhavam fortemente e se fixavam nos meus, a música havia parado, ela me encara uns minutos sem falar.

S/n: Zazza, desde do inicio dessa tour que a gente não teve mais junto ... será que você poderia por um segundo me dar alguma atenção?? – sua voz saia triste, desiludida ...

Eu: O que é que quer… é o meu trabalho!! – falo bruto.

S/n: Antigamente não era assim... – sua voz sai fraca, ela tenta conter as lágrimas segurando minha mão.

Zayn: AS COISAS MUDAM TÁ BEM??! – ela se encolhe um pouco quando minha voz soa mais alto soltando minha mão. – TOU FARTO ... farto de estar sempre ouvindo as fãs me chamarem de terrorista ou drogado ... EU SÓ FUMO!! HÁ ALGUM PROBLEMA NISSO??

Eu: Zazza... – ela se aproxima novamente de mim e me abraça depositando um beijo em minha testa. – Você é perfeito ... nã ...

Eu: No seu mundo, eu sou perfeito... agora me deixa trabalhar.

S/n: Eu só estava tentando te apoiar…

Eu: MAS EU NÃO PRECISO DE VOCÊ!!

S/n: O que é que se passa com você? – uma lágrima cai sobre seu rosto, ela a limpa com a manga da camisola minha que vestia. Não respondi apenas me voltei novamente pro piano abrindo meu caderno, sentia seu olhos postos em mim, meu coração batia acelerado em meu peito, eu nunca fiz ela chorar... ela segurava um copo de água que ia bebendo para se acalmar. Não conseguia tirar nada da cabeça, meu sangue fervia, levo meu braço ao tampo do piano jogando no chão tudo o que lá tinha inclusive o caderno as músicas, solto um suspiro abafado e agarro meus cabelos com força, tento recuperar minha respiração e logo olho pro lado, quando desvio meu olhar ela ainda estava no mesmo lugar, meu olhar se fixa nela e ela toma um susto deixando mais um copo partir, a água começa molhando meu caderno o agarro rapidamente, olho as páginas com todas as minhas letras amarrotadas e a tinta da caneta desbotada pela água ... FODASSE!! Jogo com o caderno num canto da sala.

Eu: TÁ MALUCA OU QUÊ CARACA??

S/n: Eu n-nã ...

Eu: OLHA PRA ESTA MERDA CARALHO!! SABE QUANTO TEMPO DEMOREI A FAZER TUDO ISSO?? – falo irritado com ela.

S/n: Eu já disse que f-foi sem querer!!

Eu: PORQUE É QUE VOCÊ NÃO VAI EMBORA??!! – falo sem pensar, as lágrimas escorrem pelo seu rosto - S/n ... eu não ... – que é que eu fui dizer porra??! Ela vira costas chorando, arranca seu casaco que estava á entrada e sai a porta, corro atrás dela rápido batendo forte com a porta. Continuava chovendo muito, em pouco tempo meu corpo gelou ... – S/n ... – consigo alcançar seu braço a prendendo contra mim.

S/n: DEIXA-ME ZAYN!! – as lágrimas dela confundiam-se com a chuva, levei minha mão ao seu rosto, ela soluçava, sentia seu corpo tremer...

Eu: Princesa... me desculpa, desculpa!! – falei encostando nossas testas. – Desculpa – falei mais uma vez.

S/n: Z-zazza ... eu ...

Eu: Eu amo você ... – deixo escapar um sorriso dos meus lábios, ela também sorri e coloca sua cabeça em meu peito, a envolvo em meus braços com força.

 

Seguro seu rosto em minhas mãos a aproximando de mim... a beijo, minhas mãos percorriam sua cintura, nossas roupas molhadas, nossas respirações se cruzavam entre o beijo, suas mãos envolviam  meu pescoço, começo dando passos lentos para trás, a chuva continuava caindo, seus lábios estavam molhados e quentes, ela envolve suas pernas em minha cintura sem parar o beijo, finalmente consigo chegar á porta de casa, a encosto sobre a porta fazendo pressão entre os nossos corpos, a seguro com uma mão enquanto a outra abria a porta, entro, ela fecha  a porta com o pé, suas pernas desentrelaçam de minha cintura e a coloco no chão ... nos deitamos ambos sobre a cama - Eu amo-te ... – minha voz sai trémula, sinto meu olhos se encherem de lágrimas. 

S/n: Também principe!!  - agarro sua cintura e ela coloca sua cabeça sobre a almofado enquanto eu acaricio seus cabelos, as lágrimas não paravam de correr meu rosto ....e no final de um tempo acabo por adormecer  – ZAYNNNNNNNNNNN – acordo num pulo com ela gritando meu nome.

Eu: Pesadelo??

S/n: Sim ... – ela diz assustada  com a mão em seu peito.

Eu: Vem cá princesa!! – falo dando espaço pra ela se sentar junto a mim e beijo sua testa. – Tá tudo bem sim!

S/n: Desculpa te acordar.

Eu: Legal ... deita aqui, tenho frio!! – abracei-a com força junto a mim e beijei seu pescoço. – Boa noite pequena!! – ela se remexe na cama e se chega mais pra mim agarrando minhas mãos.

De manhã quando acordo, ela ainda dormia, me levanto indo no banheiro, desço até á cozinha e vejo o copo partido, o caderno estragado, as imagens de ontem passam na minha cabeça ... Eu sou um monstro... olho a moldura com a nossa foto pousada no armário... Eu e s/n sempre fomos um casal feliz, o que houve para as coisas mudarem assim??... Sei que a culpa é minha mas desde que a nova tour começou que não consigo ter tempo para nós .... as saudades dela acabam comigo... e depois sempre todo mundo insultando o que eu faço ou as fãs falando pra eu morrer ... isso acaba comigo!! Começo apanhando os vidros partidos e os jogo no lixo... deixo um em minha mão ... me sento junto do piano e escrevo minhas últimas palavras numa folha do caderno ... me sento no chão com o vidro ainda em minha mão, sua ponta toca minha pele, um leve arrepio me percorre ... – ZAZZA!! – ouço sua voz, dou um leve sorriso e deixo uma lágrima cair, a ponta de vidro percorre meu pulso e o sangue vai saindo lentamente de minha pele, mordo meu lábio inferior ao sentir uma ardência na pele ... – Za-zayn ...  - ela para me olhando.

Eu: Sai ... – minha voz saiu fraca e rouca, ela se aproxima de mim e se ajoelha na minha frente.

S/n: Eu f-fico ... – sua voz saia triste ... senti uma dor em meu peito. Eu nunca a fiz chorar... eu não queria fazer ela chorar mas ultimamente  a minha raiva tem magoado outras pessoas ... eu amava-a não a queria fazer sofrer, mas a dor que sentia dentro de mim era impossível de lidar, queria simplesmente desaparecer ... deixar tudo ... deixar de ser alguém nesse mundo ... afinal não era isso que todos queriam??

Eu: MAS EU DISSE PARA IR S/N!! - a ponta do vidro vai mais profundo na minha pele agora, cerro os olhos pela dor que me causou, as gotas vermelhas de sangue iam caindo no chão branco da cozinha e escorrendo pelo meu pulso ... sua mão agarra meu pulso com força.

S/n: P-para zayn ... – eu estava desesperado, magoado, ... vazio ...

Eu: Dei...ixa-me em  paz – falo entre lágrimas, sentia meu corpo ficar mais fraco, ela chorava desesperadamente sentia suas lágrimas cairem no meu pulso já vermelho, olho-a por segundos, seus cabelos bagunçados, os olhos vermelhos de chorar, as lágrimas correndo seu rosto, sua respiração fraca, levo a mão a meu pulso o apertando, a dor era incontrolável.

S/n: Zayn ... você está bem?? – sinto seus braços em meu  redor a empurro bruscamente para trás ... fodasse, no que eu me estava tornando?? Sentia raiva de mim próprio ...

Eu: DEIXA-ME EM PAZ!! QUERO ESTAR SOZINHO!!

S/n: Você NUNCA vai estar sozinho Zayn ... eu estou aqui ... eu amo você!!

Eu: Porque é que está aqui?? – pergunto fraco, minha visão começava ficando desfocada. – Eu nunca te vou poder fazer feliz ...

S/n: Já faz Zayn ... por favor ... sê forte pela gente, por nós!!

Eu: Eu q-queria ...t-tanto que nunca visse o meu lado frio ... n...nunca te magoar ... e olha só!! – deixo minha cabeça tombar para trás contra o armário da cozinha, ela senta nas minhas pernas. – Porque é q-que me quer salvar depois de tudo??

S/n: Porque eu te amo ... – aproximo seu rosto do meu a muito custo, as dores eram enormes.

Eu: E-eu ... tenho pensado, pensando sobre a gente ... e-eu queria te poder dar tudo que voc-ce m...merece ... Porque nada ... nada me faz sentir como você faz ... s-sei que n...nunca encontrei um a-amor tão verdadeiro, n-ninguém  a quem  me possa ...ligar assim!!

S/n: Zayn ... não há ninguém como  você ... nós ...

Zayn: Me d-deixa falar tudo ...  – ela assentiu – Eu te dei t-tudo o ... o que podia dar... m-mas agora me sinto perdido n... antes e-eu fazia você sorrir, você me amar ...

S/n: Mas eu t...

Zayn: Shhh ... mas isso a-agora é passado ... a gente tem que terminar agora ... me diz só se ... se valeu a pena  pra você??

S/n: Zazza ... nós ...

Eu: Nós eramos perfeitos m...mas eu só quero que você princesa veja o melhor de mim ... – olhei para as nossas mãos entrelaçadas uma na outra, o sangue correndo entre elas, sentia-me fraco, comecei a deixar meus olhos fechar, meu corpo perder as forças e ficar frio, sentia as lágrimas dela molharem minha t-shirt. – Você me ama?

S/n: Claro ... – ela sussurra.

Eu: Vem aqui ... – peço para que ela deite sua cabeça em meu peito, lágrimas corriam em seu rosto e no meu ... ela percebia que eu me estava indo aos poucos. Sua cabeça se deita sobre meu peito, minhas batidas cardíacas diminuíam ... beijo sua testa, ela inclina seu rosto mais para trás e sela nossos lábios ... - Amo-te ...

 

 

S/n P.O.V.

 

Zayn: Amo-te ... – sua voz saiu muito fraca, tiro minha cabeça de seu peito e o olho ... seus olhos fechados ... desabo em  lágrimas ... corro a pegar o celular

 

 

#Ligação on#

 

Liam: Oi pequena! 

Eu: L...Liam ... o Zayn ... – eu apenas conseguia chorar.

Liam: S/n ... – sua voz era preocupada – onde é que o Zayn está??

Eu: O Zayn n...não ... ele cortou-se Liam e agora não acorda ... Por favor anda depressa!!

Liam: Eu estou indo ... fica calma.

 

 

#Ligação off#

 

 

 

Deito o meu corpo junto do de Zayn em poucos minutos o Liam aparece e o leva para o hospital, subo até ao quarto pegando numa roupa quente, já que chovia muito.

 

  

Antes de sair passo na cozinha para beber um copo de água e tento me acalmar, vejo a moldura com a aminha foto e do Zayn e minhas lágrimas voltam ... Confesso que odeio hospitais, desde de muito pequena que não lido bem com eles, quando nasci foi-me diagnosticado um problema no coração, eu não podia sofrer emoções muito fortes pois o meu coração poderia reagir mal e estes últimos tempos não trem sido fácil, nunca contei isso a ninguém, nem mesmo ao Zayn porque não preciso que tenham pena de mim...sigo até ao hospital, quando entro no quarto de Zayn os meninos já lá estavam.

Eu: Oi... – digo fraco

Niall: O que é que se passou?? – ele pergunta com a voz fraca tentando não chorar ou olhar para Zayn que estava deitado na cama de hospital.

Eu: Ele estava ... triste com tudo ... – não segurei as lágrimas mais uma vez, sinto Harry me abraçar de lado.

Harry: Está tudo bem – ele fala me agarrando contra si. Passamos algum tempo calados até me acalmar, limpo minhas lágrimas e vou ate junto de Zayn passando meus dedos sobre o seu braço, reparei em Liam que estava sentado junto da janela olhando lá para fora, ausente desse mundo, não sei o que ele pensava ou sentia mas de certeza que estava mal!!

Louis: Então cara  - ele começa falando para Zayn que continuava dormindo. – Você n-não pode m... – ele engole o choro – morrer ...

Liam: ELE NÃO VAI MORRER!! – ele grita com os olhos brilhando e se levantando – Já venho ... – ele fala frio enquanto sai batendo forte com a porta do quarto.

 

~Á  noite~

 

 

Médico: O Sr.Malik perdeu bastante sangue e encontra-se muito fraco... se não tivesse entrado na urgência poderia não conseguir resistir ... estamos fazendo o melhor para ele recuperar e acordar a qualquer momento.

Louis: Mas ele vai ficar bem??

Médico: Ele ...

Liam: Fale a verdade, não nos tente enganar – ele fala frio outra vez. Notava-se nitidamente que o Liam era quem mais estava sofrendo com isso, só a forma fria como estava agindo mostrava que estava muito magoado e quase se indo abaixo  ...

Médico: O paciente vai acordar, não lhe posso é garantir que se lembre de tudo... – o médico fala com algum receio das nossas reações.

Harry: Está dizendo q-que ele pode não se lembrar de nós??

 


 

Médico: Lamento ... mas sim ... – Niall se senta na cadeira escondendo seu rosto entre as mãos, vejo Harry e Louis se olhando e Liam puxa sua camisola para cima escondendo o rosto nela ... abro a porta do quarto e entro. 

Eu: Zayn ... porquê tudo isto??  ... Nem imagina como os meninos estão a  sofrer com isso ... eu preciso de você príncipe ... Não interessa o quanto os outros te dão valor, eu vou sempre achar que é a pessoa mais perfeita, a melhor coisa que aconteceu na minha vida!! – ele não falava nada, apenas havia o barulho das máquinas ecoando em toda a sala, minha mão segurava a sua.

 

Se passaram dois dias e ele nunca mais acordava, sentia-me acabada, não tinha dormido nada durante esses dias ... não haviam  novidades sobre se a memória dele poderia ou não voltar caso ele acordasse, estava sendo muito difícil, tanto pra mim como para os meninos que tinham todos os concertos cancelados, as directioners sempre estavam á porta do hospital tentando ver o Zayn ... como ele podia pensar que ninguém o amava se ele tem milhões de garotas chorando por ele, quatro garotos que o amam  e ... a mim!! Fui até casa e me deitei no sofá me cobrindo com uma mantinha, chovia lá fora, tal como no dia em que... sinto saudades dele, do seu perfume, do seu sorriso de o ter junto a mim me abraçando ... na televisão estava passando as atuações dos meninos no X-Factor, sinto um aperto no meu coração ao recordar a imagem de Zayn sorrindo, sendo feliz ... olho em redor da sala, no chão ainda estava o vidro, a mancha de sangue, a nossa moldura ... vou  junto do piano e passo meus dedos pelas teclas levemente. Ainda lembro a primeira vez que ele me ensinou a tocar.

 

 

Mais uma lágrima ... agarro seu caderno e esfolhei as páginas amarrotadas... havia uma folha no seu meio escrita ... eram tudo pequenas coisas que me faziam tanta falta ... queria-o de volta!!

 

Na manhã seguinte volto ao hospital, mal entro a porta do quarto o Zayn não estava mais deitado sobre a cama, fico assustada, quando me volto para trás vejo Harry me encarando com os olhos vermelhos ...

Harry: Ele ... – não ... não podia ...  sinto uma pontada forte no peito, perco as forças sinto o coração bater cada vez mais lentamente e apago .... – S/n ...

 

#Flashback off#

 

 

Louis P.O.V.

 

Niall pega seu violão e se senta nas escadas, pego o microfone e respiro fundo, olho na minha frente ... todas aquelas garotas, ver elas me fazia relembrar tudo o que nós cinco vivemos junto eu, Harry, Niall, Liam e Zayn!! Esse seria nosso último c uoncerto... provavelmente nunca mais nenhum de nós iria pisar ou mesmo conseguir pisar um palco ... 

Eu: Faz hoje uma semana que o Zayn ... – não consigo terminar a frase, parecia que tinha um nó na minha garganta ou secalhar simplesmente minha mente não queria acreditar que ele tivesse mesmo ido ... as garotas deixavam suas lágrimas cair. Uma lágrima cai sobre minha bochecha, sentia meus olhos ardendo.

Niall: O Zayn era um garoto espetacular, era muito especial para nós ... mas perdemo-lo ... talvez o mundo não tenha sido justo com ele, e ele ... simplesmente não aguentou mais ... – Niall tentava conter sua dor e não chorar, seus olhos cintilavam e ele ia dando uns acordes na guitarra tentando ser forte e não olhar as directioners.

Eu: O Zayn deixou uma carta e queríamos que todas vocês a lessem connosco, por isso escolhemos o dia de hoje ... – abro o papel amarrotado que encontrara em cima do seu piano.- “ Não é por acaso que as pessoas entram na nossa vida, nem por acaso que apenas algumas ficam ... Quero tanto que todo o mundo me perdoe eu não ser perfeito ... Mas se eu pudesse consertar tudo… eu o faria, daria tudo para o tempo voltar a trás e fazer com que nada acontecesse, daria tudo para vocês me puderem ver agora aí convosco ... mas não posso! Se eu naquela noite a tivesse apenas beijado, agarrado sua mão, tudo podia ser diferente... mas o tempo não para nem volta  atrás ...  Doi muito ouvir dizer que você não vale nada... sinto que não consigo encontrar meu lugar no mundo!! Apenas ela me faz sentir tão... eu mesmo!!  Cada dia que ela vai sofrer me vendo numa cama de hospital, posso já ouvir seu choro junto de mim, só quero que seja forte princesa e me deixe partir, a saber que ainda me ama!! – tento tomar ar e limpo meus olhos – Não queria que me visse morrer ou que as suas últimas memórias fossem do meu corpo gelado no chão, os olhos fechados ... mas sim eu sorrindo pra você!!  A todas as directioners desculpem mas eu não estava a aguentar ... Liam, Louis, Harry, Niall vocês mais que alguém sabem que eu vou sempre estar aí com vocês…“ – eram apenas essas as suas palavras ...
Toda a sala ficou em silêncio, não haviam palavras para descrever o que ele escrevera... queria fugir dali que aquele concerto acabasse finalmente ...

Eu: Sinto a tua falta mano ... – falo deixando as lágrimas escapar do meu rosto.

Liam: Nunca te vamos esquecer ... Obrigado por tudo... – Liam sorri entre as lágrimas e todo mundo bate palmas ...

 

 

FIM

 

Eu (Patricia) considero, sem dúvida, este o melhor imagine feito aqui no blog, não foi feito por mim, sim pela Andy... ela queria tornar ele emotivo, e se pela vossa parte não conseguiu, de mim conseguiu... espero que tenham lido ele com a musica dando, ela é realmente linda... quero saber as vossas opiniões, o que acharam dele, e pra além do mais... choraram? 

12 comentários:

  1. tava qase chorando aki me segurei porq tinha gente aki kk mais é lindo e com certeza esse foi o melhor imagine do blog é lindo as palavras que Zayn deixou foi linda *-* adorei

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus muito triste, mas muitooo perfeitoooo a melhor que ja li..!!!! #CHOREII!!!! ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sério isso?? meu deuss, obrigadaaa viu? mt obrigadaa e desculpa termos-te feito chorar... ahaahh bjss
      xxpatricia

      Excluir
  3. Eu chorei do inicio ao fim do imagine, eu estou sem palavras para o descrever.
    Quando a musica parava minhas lagrimas se acalmavam mas quando a musica voltava a tocar, eu derretia de chorar. Parabéns imagine mais que perfeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aww obrigadaaa *-* a musica da outro sentido ao texto por isso mesmo decidi colocá-la!! :)
      xxandy

      Excluir
  4. Perfeito <3 Meu coração se tornou pequeno... Não tinha a música do Justin, mas li com a música da Christina Aguilera - Hurt #chorando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigadaa, obrigada mesmo!! :3 ainda bem q gostaste, é mt importante para nós :) beijoss

      Excluir
  5. Muitoo lindo, vc ta de parabéns choreii bastante bjs

    ResponderExcluir
  6. O melhor imagine que já li na minha vida , chorei muito , bjss ♡

    ResponderExcluir