quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Atividade Paranormal - 3ª Temporada - Capitulo 10 - Just friends

 

 

Eu: Talvez a gente ...

Zayn: ... possa tentar ...

Eu: ... amigos!

Zayn: a – amigos!

Eu: SÓ amigos!! – ficamos nos encarando por segundos, sentia um duro se formar nele á medida que o tempo passava.

Zayn: Fodasse ... Só amigos??

Eu: Não sei...

Zayn: s/n… - sussurrou, colocando uma de suas mãos em minha cintura e me puxando contra ele – sabe que isso é impossível… porque não tentar apenas… você sabe… - minha cabeça dizia que não, mas meu corpo continuava dizendo que sim. Sinto sua respiração bater em meu pescoço… percebo ele gemer baixinho, soltei uma risada…

Eu: Porque está agindo assim?? Ahahah – ele se afasta um pouco de mim.

Zayn: Poxa s/n, eu estava tentando ser sexy!! – ri, ele solta uma risada rouca também, me provocando um calafrio… mas que puta gargalhada sexy!!!

Eu: Você é idiota… e MUITO IDIOTA – ele me olha sério - mas continua sendo sexy!! – seu lábio estava preso entre os dentes, em um movimento rápido sinto ele me puxar forte contra ele, fazendo nossos corpos embaterem com força, me arrancando um leve gemido seguido de uma gargalhada…

Zayn: esquece… não dá mais! – ele fala ofegante, sinto seus lábios embaterem nos meus. Um arrepio percorreu meu corpo, sentindo seus lábios novamente nos meus… um beijo quente ia-se formando, suas mãos passavam por minhas costas, e outra por minha perna, a apertando… subo minhas pernas em redor de sua cintura, ele me segura e dá um apertão em minha bunda, sorrindo brincalhão de seguida.

Eu: Ahh você quer brincar? – falei sorrindo e mordendo o lábio, ele gargalhou. Mordi seu lábio, ele gemeu de dor e sorri de canto e malicioso, então logo sinto minhas costas embaterem na parede da rua com força e ele erguer uma parte literal de minha camisola. – Zayn… z. – falo entre os beijos – zaynnn… - tento me afastar, colocando minhas mãos em seu peito, ele me aperta mais contra seu corpo – Zayn!! Para porra! – falo gargalhando… eu não sei o que havia acontecido, mas algo em mim havia despertado, e eu estava mais sorridente do que nunca!! Isso não deveria estar acontecendo, eu deveria recusar esses beijos, que por melhores que sejam… eu não devia… mas sabe que mais… tal como ele disse, isso será impossível!! Apenas me deixo levar, sinto ele massajar minha barriga, mordo seu pescoço, ele sorri e pressiona mais meu corpo contra o seu, me encostando na parede fria da rua.

Zayn: Porquê parar, se eu sei que você está gostando?

Eu: N-ão..naa… - gemi internamente enquanto senti ele beijar meu pescoço e ele apenas sorri ao me sentir arrepiar – vamos para minha casa garoto!! - então minhas costas se descolam de lá enquanto ele caminhava pela rua aos encontrões pelas pedras do caminho, tropeçando, sinto meu corpo escorregar pelo seu, coloco meus pés no chão, caminhando para trás, enquanto ele me empurrava no caminho certo, continuando aos tropeções, uma de suas mãos segurava minha cintura, enquanto seus lábios envolviam os meus. Sinto meu corpo esquentar, puxo seus cabelos de leve enquanto me inclinava para chegar até seus lábios novamente, logo sinto sua mão me dar um tapa na bunda, eu diria forte, ele gargalhava enquanto mordia os lábios em aprovação… - para idiota!! Que coisa, o que tem o meu rabo dessa vez garoto?? – faço cara feia, ele ri.

Zayn: É gostoso… - ele comentou - mais alguma coisa, ou podemos continuar?? – ele fala e sorri malicioso enquanto me olhava. Olho-o em reprovação até meus pensamentos de futura vingança serem interrompidos por um novo beijo ser formando, depois de alguns passos minhas costas embatem em uma porta, olha para trás e vejo que era a porta de minha casa. – Está aí alguém? – ele sussurra baixo pra mim, ofegante e esperando por minha resposta. Respiro fundo e pego minhas chaves, coloco na porta de casa e a abro, sem nem dar conta em um movimento rápido meu corpo é empurrado contra a parede e minha perna elevada, ele se colocava por entre minhas pernas, me encurralando, seguro em seus cabelos e puxo forte, fazendo ele suspirar, tento perceber se alguém estava em casa, mas minhas atenções eram puxadas para Zayn. Suas mãos passeavam por todo meu corpo, irrequietas, eu apenas permanecia segurando em seus ombros e em seu cabelo, várias mordidas eram deixadas em meu pescoço, me arrancando suspiros. Segundos depois sinto meu corpo “voar” para outro lugar, batendo nas coisas, até que uma jarra havia caído ao chão, e o barulho fora enorme… rezei para que ninguém estivesse em casa no momento…

Eu: Zayn caralho você está doido? – sussurrei o olhando feio, para que ninguém nos escutasse.

Zayn: Por você… - ele deu uma pegada em minha cintura, colando nossos corpos… ri de seguida, continuamos caminhando em direção a meu quarto. Meu corpo largado na cama, enquanto minhas roupas eram arrancadas, seguidamente das suas, nos deixando em roupas interiores, seus beijos desciam por meu pescoço, passando por meu peito, mordiscando lá, suspirei, sinto meu sutiã ser arrancado e sua boca percorrer meu corpo, por impulso arranho seus ombros… - fodasse s/n… - ele geme em reprovação, sorrio vitoriosa, ele iria saber o que era sofrer dessa vez…

XXX: S/N!! QUE PORRA É ESSA GAROTA?!

Eu: CARALHO MADDIE!! SAI, AGORA!!

Maddie: S/N!!! SE O SEU PAI APARECE NÃO VAI GOSTAR!!

Eu: VOCÊ NÃO TEM NADA A VER COM O QUE EU FAÇO, SAI AGORA!! SE EU QUISER FAZER SEXO COM UM GAROTO, EU FAÇO, NÃO FAÇO COMO VOCÊ QUE TEM QUE ANDAR ATRÁS DE HOMENS CARENTES PRA ARRANJAR ALGUÉM NÉ?

Maddie: S/N!! – visto meu sutiã, enquanto Zayn vestia suas roupas rapidamente. Depois de alguns segundos, nossas roupas já estavam em nossos corpos novamente, sai, bati meu ombro no dela, Zayn caminhava atrás de mim, apenas puxei ele e segurei seus cabelos e o beijo, mesmo na frente dela… ela me olhava sem acreditar no que eu estava fazendo…

Eu: vamos Zayn!! Podemos continuar isso em outro lugar!! – caminhamos em direção a porta, Zayn já se encontrava do lado de fora, enquanto saía falei pra ela – ah!! Esqueci dizer, a jarra partiu enquanto eu caminhava até meu quarto com o Zayn, estávamos demasiado ocupados em outra coisa percebe? Se calhar não sabe o que é, mas já tem idade disso, né maddie?? – falei, gargalhei saindo. Zayn me olhava malicioso – fica sabendo que nada do que eu disse é por ser você!! E nem vamos continuar mais nada!! Eu só falei isso pra foder a maddie!! – ele me olha suspirando, sorriu em seguida. Segui meu caminho.

Zayn: Vamos ter com o pessoal?

Eu: Sim! Deixa eu só passar num local!! – desço a rua e entro no cemitério, lá estava a campa de patricia, junta com a de liam, fiquei apenas a observando e relembrando todos os nossos momentos… uma lágrima correu por meu rosto, senti um calafrio percorrer meu corpo. Fiquei parada durante uns tempos… fui ter ao pé de Zayn...

 

Continua...

----------------------------------------Patrícia--------

 

2 comentários:

  1. d++ amei legaall posta o proximo pfpfpf rapido necessito dessa fic

    ResponderExcluir