sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Magic - 2ª Temporada - Capitulo 15 - Desaparecido



Liam P.O.V


Eu: O QUE É QUER VOCÊ DANIELLE?!

Danielle: Então… calma babe! Você sabe muito bem o que eu quero…- ela caminhava até mim, eu me encontrava preso por dois capangas, ela andava com a arma na mão, ameaçadoramente.

Eu: CALA A BOCA GAROTA! VOCÊ SABE QUE NÃO TINHA DE FAZER ISSO! – ela chega ao pé de mim e me dá com a arma na cabeça, me fazendo sangrar. Sinto minha cabeça andar a roda. – Fala de uma vez por todas…

Danielle: Então… porque você está sendo rude? Me chama de Dani como antes! – como ela pode ser tão cínica?! Ela se aproximava cada vez mais, até nossas respirações quase se cruzarem – Vá, ESTÁ A ESPERA DE QUÊ?! – e bipolar ao mesmo tempo.

Eu: Dani… - ela sorriu vitoriosa – porque fez isso?!

Danielle: então… você sabe… eu te quero de volta!

Eu: Você não me quer… você quer meu dinheiro! – sorri sarcástico.

Danielle: Ahh bebe, eu se fosse a você tomava conta nas palavras que usa! – sua voz era ameaçadora - Sabe que eu me encontro em boa posição pra acabar com você a qualquer momento, não sabe?! – suspirei fundo, tentando concentrar minha atenção em algo bom, que não me deixasse enlouquecer com suas palavras.

Eu: Apenas me diz… porque agora?
Danielle: Eu não quero te ver mais com aquela garota! Ela não é boa suficiente pra você…

Eu: E você é?! Garota, me deixa em paz de uma vez por todas! Vai com o seu namorado! FOI PRA ELE QUE ME DEIXOU NÉ?! ENTAO ELE TAMBÉM PODE PAGAR SUAS CONTAS! AGORA ME SOLTA QUE EU TENHO VIDA PRÓPRIA E NÃO QUERO VER VOCÊ MAIS!

Danielle: CALA A BOCA! – falou irritada, me dando um tapa. “puta”, pensei. Eu não iria dizer isso, mas na realidade era mesmo que eu estava pensando - sabe, eu só não vou acabar com você porque eu não quero ir pra cadeia… – sorriu – eu vou fazer melhor do que isso! – ela se afastava lentamente - Lembre-se… eu vou sempre saber de tudo! Melhor dormir com um olho aberto! – piscou, os garotos me largaram, e ela saiu andando. Até eu ficar completamente sozinho. Porque essa garota aparece agora?! Ela não estava bem com o namorado?! Que me deixe em paz porra! Não tem um dia em que ela não me mande mensagem. Eu simplesmente ignoro. Ninguém sabia de nada… até a nocas ter sido “vítima”. Todo mundo ficará sabendo, ficarão fazendo perguntas, algumas que eu não saberei responder, porque eu mesmo não sei o porquê de ela estar fazendo isso. “Lembre-se… eu vou sempre saber de tudo! Melhor dormir com um olho aberto!”, começo a duvidar se alguma vez ela foi verdadeira comigo. Se alguma vez me amou verdadeiramente. Meu corpo todo estava dolorido, eles tinham me dado vários socos, tentei esconder a marca perto da minha sobrancelha sangrenta para que os paparazzi não vissem. Caminhei apressadamente até casa. Subi no meu quarto sem ninguém ver e cuidei de meus hematomas.

 

#Flashback off#

 

Andy P.O.V

 

Louis: FODASSE!! ZAYYNNNN, ZAAYN! ONDE VOCÊ SE METEU GAROTO?! – Louis chamava por zayn intensamente, ele o procurava. Mal ele saberia que eu poderia ser culpada. Eu ainda não tinha decidido ir procurar zayn porque eu sabia que ele não me quereria ver. Acho que nesse momento ele não quer ver ninguém. Mas o que eu posso falar?! O Zazza está magoado comigo. Nunca me custou tanto ficar separada dele. 5 dias se haviam passado desde então, ninguém sabe dele. Ninguém sabe se ele estará bem. Sabe como eu me sinto?! Um lixo! Sim, eu fui a grande causadora disso! Eu não pensei que ele ficasse tão mal assim.

“Eu: Onde está o Zayn?! ZAAYNNN!!

Nick: PARA COM ISSO ANDY! EU TE AMO, DEIXA ELE!

Eu: Mas eu me importo com ele! Me ajuda a encontra-lo Nick!

Nick: Andy…”

Para além de dar cabo de minha consciência ainda vou acabar com minha relação e a de nick. Eu tenho o saturado com essa história. Na verdade ele tem razão. Mas, eu não consigo simplesmente ignorar. E eu tenho a certeza que apesar de tudo, ele não me deixará sozinha. Eu não sabia, mas nick realmente me ama, e tem sido difícil pra ele esses tempos. Nunca me apeguei tanto a alguém. Eu sei que eles não gostam, mas nick tem dormido cá em casa, na realidade é ele quem me ajuda a descansar. Eu posso parecer louca, e apenas se passaram 5 dias… mas eu tenho a certeza de que você ficaria com remorsos se fosse o culpado, mesmo que odiasse a pessoa! São 6 horas da manhã agora… apenas eu e Louis estávamos acordados.

Eu: Louis… eu vou procurar ele. Vai descansar.

Louis: Tem certeza?!

Eu: Tenho – sussurrei pra ele. Ele assentiu e subiu as escadas, eu podia ver o cansaço em seus olhos. Suspirei. Eu me encontrava de pijama, e eu tinha de procurar ele. Apenas coloquei um casaco quente e sai. O sol ainda não tinha aparecido, apenas uns feixes de sol pelo meio das nuvens escuras se podiam ver. Estava frio, um arrepio percorreu meu corpo quando uma brisa soprou. Patricia tinha lá sua mota, e eu não tinha transporte, então decidi pegar a dela. Eu percorria as ruas de londres, tentando achar Zayn. É, eu sei. Pode parecer muito louco passear pelas ruas maravilhosas de londres com o pijama vestido. Mas não tou nem pra lá. Passei por todos os lados pelos quais eu pensei que ele fosse estar. Ele não estava. Fui então até uma praia. Pelo menos lá eu teria mais visão. Parei a moto e carreguei o capacete na minha mão direita. Eu andava pela areia, sem tocar a água. Já tinha percorrido a praia quase toda, e nem sinal dele. Eu olhava o chão, até que por entre os feixes de luz que eram mais fortes agora vejo uma sombra.

XXX: O que faz a menina a uma hora dessas aqui?!

Eu: Ahh! Que susto garoto! – voltei-me até ao ser que se encontrava parado atrás de mim.  – Zazza… - choraminguei - desculpa! Desculpa por tudo! – ele apenas me abraçou forte. Retribui. Eu podia até estar esmagando ele, mas… ele não deve se importar!! Algumas lágrimas caiam sobre meu rosto, acabando por molhar seu casaco. Me afasto, dando um pequeno passo para trás, minha cabeça estava inclinada, para que meu olhar pudesse encontrar o seu.

Zayn: Não chora! – ele passava seu polegar em meu rosto, limpando minhas lágrimas.

Eu: Me desculpa!

Zayn: Está tudo bem!

Eu: Não está mais zangado comigo?!

Zayn: Por acaso estou… mas por que razão está assim vestida garota?!- ele abriu um grande sorriso, assim como eu.

Eu: Eu vim te procurar… não importa como! Porque ficou fora tanto tempo?!

Zayn: Eu estava apenas reconcertando algumas coisas…

Eu: Eu e  o nick… você…

Zayn: Não vamos falar mais nisso! Agora vamos pra casa, ainda apanha um resfriado sua tola!

Eu: Zaynnn… - ele me olhou – eu vou deixar a moto onde?!

Zayn: Não se preocupe… nós depois vimos cá busca-la!

Eu: Sabe que eu te amo?! – eu falei com voz de criança, ele abriu um grande sorriso pra mim.

Zayn: Eu também te amo!

 

Continua...

------------------------------Patrícia-------

Nenhum comentário:

Postar um comentário