quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Imagine Hot - Liam Payne - Try - Parte 3 (última)


 

Ele agarrou minha mão e me tirou dali indo até ao carro.

Liam: Vamos voltar a entrar na festa, por favor não te metas em mais merdas!! - disse falando agressivo pra mim, engoli o meu orgulho e voltei a entrar na casa, dessa vez me mantive lá dentro e tentei não me cruzar com a Danielle, o Zayn e o Harry ainda estiveram me fazendo companhia por um tempo mas depois foram ter com a Perrie e a nova "companhia" do Harry ... Ahahah nossa esse garoto é ca um pegador, poxa!! No final de um tempo fiquei cansada de estar ali sozinha e fui dar uma volta, tentar encontrar o banheiro, uma vez que estava mortinha por ir!! Fui até junto das escadas e subi, na parte de cima tudo estava mais calmo, apenas alguns quartos ocupados por quem estava ficando naquela casa e estavam a descansar, vejo Liam sentado no chão agarrado a um copo do que me pareceu ser vodka, ele apoiava seu cotovelo no joelho, seus cabelos estavam bagunçados e sua roupa toda amarrotada, me aproximei dele que levantou o olhar e me encarou. Ele parecia triste, completamente acabado, me magoou o ver nesse estado, ele volta seu olhar novamente pro chão e bebe mais um pouco de seu copo, receio, mas me sento do seu lado.

Eu: Liam... - ele não me olha, simplesmente pousa seu copo e estica sua mão ate meu braço e me aproxima de si.

Liam: S/n... - ele diz meu nome quase como se implorasse por ajuda e sua voz sai fraca sendo quase impossível a ouvir ou perceber. - Não volte a falar com a Danielle a meu respeito, por favor ...

Eu: Mas eu só te queria defender!

Liam: NAO IMPORTA! - ele grita e todo meu corpo estremece e me encolho um pouco com o susto, ele solta um suspiro e se levanta, me levanto também mantendo meu corpo encostado à parede, ele para na minha frente e vem pra junto de mim pressionando ainda mais meu corpo. - Ainda tem um quarto livre! - diz contra meu pescoço e meu corpo começa esquentando, coloco minha mão no seu peito e o afasto.

Eu: Só se for pra você ir dormir querido! - digo arqueando minha sobrancelha e tentando mostrar que estava calma, o que era mentira porque toda eu era fogo por dentro, senti sua respiração bater em meu rosto e ele cola nossas testas. - Liam ... - digo mas quase que sai como um suspiro mas felizmente o consigo segurar, agarro seu braço e ele leva seu outro braço ate à maçaneta da porta mesmo ao lado, suas mãos agarram minha cintura firmemente e me levam pra dentro do quarto e fecha a porta com o seu pé sem nunca me largar. - Eu não quero Liam! Já disse! - falo seria. O quarto estava um pouco escuro, Liam me encosta na porta do closet, vejo o seu amiguinho se excitar o que me deixa nervosa, eu confesso que queria tanto isso quanto ele, agora mas eu não vou ser um boneco nas mãos dele que só usa e trata bem quando quer sexo! Sua mãos deslizam agora pra minhas costas e desce apalpando minha bunda. - Para Liam, por favor - senti uma lagrima descer meu rosto.

Liam: Cala a boca s/n, por amor de deus! - diz frio e rude subindo sua mão ate minha blusa.

Eu: Eu já disse que não quero Liam ... PARA! - eu tentava lutar contra ele mas era impossível pois ele era muito mais forte que eu.

Liam: Não vale nada! - ele me larga e caminha pelo quarto se sentando junto da cama e leva seu rosto as mãos e vejo que ele agora chorava ... Ele estava mesmo mal, tudo isso de certeza que foi pela Danielle ele deve estar passando mal por ela, mas então porque me defendeu caralho?! Fui junto dele, me sentei na sua frente e limpei suas lagrimas, podia ser errado o apoiar mas me sentia um pouco culpada por tudo isso.

Liam: Eu n... - não deixei ele acabar de falar.

Eu: Shhh não tem que dizer nada! - me inclinei e selei nossos lábios, ele me beijou delicadamente levando suas mãos as minhas ancas e me sentando em suas pernas, era um beijo calmo e me pareceu sincero de ambas as partes. Levei minhas mãos à sua camisola e a subi um pouco mas Liam me para agarrando meus braços e entrelaçando nossas mãos ... nossos lábios pareciam um íman e não se largavam, sua língua movimentava-se calmamente dentro da minha boca. Novamente tentei retirar sua camisola e ele parou o beijo... Mas que... - Liam...

Liam: Não te quero obrigar a fazer isso! - sorri pela forma como ele me falou e ele deixa também um sorriso escapar.

Eu: Só não quero que me magoe! - ele sussurra algo que não entendo e me pega no seu colo, entrelaço minhas pernas em sua cintura e ele me deita sobre a cama se colocando em cima de mim, sem apoiar todo seu peso em mim e junta nossos lábios mais uma vez. Lentamente vai desapertando meu cinto e abrindo meu vestido, desabotoando cada botão calmamente, ele retira meu vestido deslizando suas mãos pelos meus braços suavemente, quando o retira se levanta abrindo o ziper de suas calças e as baixando rapidamente voltando a vir ate mim. Ele coloca sua mão atras das minhas costas as arqueando e beija meu pescoço me fazendo suspirar, ele vai descendo seus beijos fazendo uma trilha desde meu pescoço à minha barriga, mantenho minha cabeça inclinada pra trás e mordendo meu lábio inferior pra tentar segurar os gemidos, os olhos de Liam mantinham-se fechados mas sentia ele sorrir contra minha pele quando via que me arrepiava ao seu beijo. Seus beijos eram molhados, gostosos. Suas mãos estão agora em minha cintura, apertando mais forte, elevo meu corpo retirando sua camisola, me deixando ver aquele seu tanquinho gostoso. Mordi o lábio.

Eu: Você é cantor… mas podia ser bailarino privado com um corpinho desses!! – ele sorri, me roda, me colocando as pernas em redor de sua cintura, com as mãos em minha bunda.

Liam: Eu gostava mais se você fosse minha bailarina… - ele sorri safado e se encostando na parte de trás da cama, já se preparando.

Eu: Eu não sou boa com preliminares… nem vou tentar mesmo! Eu vou fazer você… sei lá, sofrer um pouquinho! – sinto um duro debaixo de mim se formar. Sorri e me coloquei sobre os joelhos, ficando mais alta do que ele. – Agora, só espero você não fazer barulho… - segurei suas mãos e as tirei e minha cintura – porque tem muita gente aqui… - pisquei o olho – e nós não queremos que nos ouçam pois não? – mordi o lábio esperando sua resposta, soltando ele um murmúrio, “não”. Sem pressa nenhuma comecei me afastando um pouco, levando minhas mãos a parte de trás do sutiã, onde se encontrava o fecho, os olhos de Liam estavam agora repletos de desejo, ele esperava impaciente que eu o abrisse. Abri, não retirando as alças dele, impossibilitando dar alguma visão de meus seios a Liam.

Liam: S/n… o que está a fazer? Tira logo isso… - falou meio enrolado, amarrando os lençois forte. Sorri, contrariando.

Eu: A sei lá… nem me está a apetecer…

Liam: S/n, s/n… - ele murmurava em contrariação, como se eu fizesse algo proibido – realmente você não me conhece.

Eu: Hmm é badboy é?!

Liam: Só não provoca… - gatinhei até ele na cama, sentei em cima de seu abdómen e joguei o sutiã no chão. Algo nele se avivou, ele me segura forte e me joga contra o colchão, me deixando presa entre seus braços, um beijo quente se formou. Quente, bruto, selvagem! É isso mesmo, esse garoto é selvagem! Uma mão forte envolveu a minha cintura. Os seus lábios murmuraram algo no meu ouvido enquanto eu rolava a minha cabeça para trás. O meu corpo ficou tenso ao sentir sua mão envolvendo meu peito, apertando gentilmente. Sua mão quente foi até minha coxa. Um suspiro caiu dos meus lábios quando seus dedos tocaram ligeiramente por cima de minha calcinha. Sua voz, agora ligeiramente rouca sussurrava frases maliciosas a meu ouvido, me provocando uma onda de calor.

Eu: Liam – ofeguei. Ele grunhiu, seus dedos tocaram minha calcinha, a retirando. Mordi meus lábios, um gemido rompeu deles com a velocidade. Beijos escaldantes foram deixados ao longo do meu pescoço enquanto eu arranhava seus ombros. Surpreendeu-me, visto que eu tentei provoca-lo, mas virou-se o feito contra o feiticeiro, estando eu agora dependente de suas ações, querendo mais dele. Suas mãos apertavam minhas coxas mais forte. Ele se eleva, baixando seus boxes de uma vez. Meus olhos se esbugalharam quando vi seu membro já bem ereto! As suas mãos enormes agarram as minhas coxas, abrindo minhas pernas.
Liam: Eu falei pra não provocar…- sorriu malicioso, mordendo seu lábio de uma forma sexy.

Eu: E eu já falei que gosto de provocar?! – sorri, arranhei suas costas, ele solta um gemido. O prazer pulsando pelo meu corpo era avassalador. Liam encosta sua testa na minha, colando-as, seus olhos castanhos, agora profundos não largavam os meus. Seus lábios pressionavam-se contra os meus firmemente em um beijo forte. Sinto seu membro bater em minha intimidade, me soltando um gemido abafado, fazendo ele soltar uma gargalhada de satisfação. Ele sabia que estava tendo esse poder sobre mim. Eu estava dependente dele, tudo o que eu mais queria era ele dentro de mim, agora mais do que nunca. Ele introduz uma parte, rolei minha cabeça pro lado, gemidos eram vários, eu apenas não sabia que minha voz sairia assim, estava grossa agora, até chegando a ser sexy u.u. – Liaamm… para com essa porra! – gemi.

Liam: Desculpa?! Não ouvi, tem de falar mais alto!

Eu: Liam James Payne, eu estou te mandando ir logo nessa porra caralho!

Liam: Ahh que garota mal educada! Nem pra fazer pedido ela dá hein?! – ahh chega, você quer sofrer, vai sofrer! Rodei, me colocando sobre seu abdómen, sua boca se abriu num perfeito “o” com a minha decisão. Ele sorri malicioso, colocando suas mãos sobre minha cintura. Me sentei sobre seu membro, sentindo bem lá no fundo. Ambos gememos. Ele segura minha cintura firme, forte. Me levantei, retirando ele de mim, voltei me sentando. Eu mantinha meus olhos fechados, tentando aproveitar melhor as sensações que me invadiam. Liam move suas mãos, fazendo eu mover também. Abri meus olhos, ele estava sério, sua expressão era maliciosa, seus cabelos molhados, deixando algumas gotas caindo sobre sua pele brilhante. Novamente rodamos, ele me beija, eu estava me acalmando, até sentir ele dentro de mim. Uma, duas, três… várias vezes seu membro me invadia, gemidos brotavam de meus lábios, assim como dos dele. Ele parecia satisfeito. Minhas costas se arquearam quando sinto que a velocidade aumentava. Minhas mãos seguravam os colchões, tentando segurar os gemidos. Suas mãos estavam em minhas ancas, as rodando um pouco. Sinto seus lábios em meu ombro, deixando uma mordida lá. Ele pega o preservativo e o coloca. Alguns minutos haviam de passado e liam continuava seus movimentos prazerosos que pareciam não ter fim, e que cada vez se tornavam melhores. Levo minhas mãos até seus ombros, os arranhando e soltando suspiros de liam. Ele solta um gemido alto, forte, assim como eu quando sinto algo amolecer dentro de mim, ele me beija.
Rolei pro seu lado colocando minha mão sobre a sua barriga ... Essa foi a melhor noite de toda minha vida, foi PERFEITA demais pra eu não estar a sonhar ainda com tudo o que Liam me fez sentir hoje! Vesti-me e Liam também e descemos ate à festa, despedimo-nos do Josh e saímos, novamente as camaras caíram sobre nos, acaricio a mao de Liam e ele retribui o carinho sorrindo.

 




Liam agarra minha cintura e me ajuda a sair no meio de toda a confusão e logo começam fazendo milhares de perguntas.

XXX: Liam é verdade que ainda não esqueceu a Danielle??

XXX: Liam é verdade que a sua namorada esta a espera de um filho seu?? - O QUE? será que essa gente não tem nenhum descaramento??

Liam: Vão pro caralho ... - ele fala baixo e frio e entra comigo no carro, ele entra sua porta e la dentro deposita um beijo sobre meu ombro e logo arranca. - Desculpa se a Danielle te ofendeu ...

Eu: Hey, você não tem culpa do que ela me falou, não tem que se desculpar!

Liam: Mas tudo isso é minha culpa!

Eu: Não se preocupe, estou bem!! - ele sorri e se mantem concentrado na estrada. Chegamos a casa e cada um foi no seu quarto. Acordei de manha e vo ate a cozinha preparar o café da manha e logo a campainha toca, corro pra ver quem é e abro a porta. - LUKEEEEE!! - ele me roda nos seus braços e inspiro seu perfume ... quantas saudades desse garoto caraca!! - O que você ta fazendo aqui??

Luke: Tentando não deixar minha felicidade fugir ...

Eu: Luke!! - pronunciei seu nome meio confusa a sorrir.

Luke: Você!!

Eu: Que??

Luke: Eu não aguento mais te chamar de amiga s/n ...

Eu: Mas Luke o que eu fiz??

Luke: Me fez apaixonar por você, poxa!! - em menos de segundos seus lábios e os meus estavam unidos e sua língua já acariciando meu lábio inferior, ouço um barulho vindo mesmo da cozinha e a porta que da pra piscina ser aberta... o Liam!! Dou uma tapa no peito de Luke o afastando de mim. - Hmmm s/n ...

Eu: CARALHO, VOCE TA BEM?? Porque me beijou imbecil?? - Fodasse, porque ele me beijou e logo ali?? Eu amo o Liam é ele que deixa minha pele arrepiar e meu coração arder quando sinto seu beijo, não o Luke, ele é simplesmente meu melhor amigo porque tinha que fazer isso comigo?? E liam como estaria com tudo isso?? Eu não queria magoa-lo como a Danielle fez, eu não era assim!! Saio disparada ao encontro dele, e logo que o vejo meu coração congela, respiro fundo e me aproximo. - Liam, ouve ...

Liam: EU NAO QUERO OUVIR NADA DESPARECE DAQUI!!

Eu: Aquilo não ...

Liam: Ainda não entendeu?? SAI S/N!!

Eu: A gente tem que falar Liam, por favor!

Liam: Por favor ...sai!! - sua voz parecia triste e dessa vez saiu fraca.

Eu: Eu não quis aquele beijo Liam, foi só qu...

Liam: E QUERO ESSE FILHO DA PUTA FORA DA MINHA CASA AGORA, NAO ME IMPORTA SE É SEU NAMORADO, AMIGO, QUE SE FODA, E SE QUISER VAI COM ELE TAMBEM E ISTO ACABA DE UMA VEZ!!

Eu: Porque é que é assim?? Não pode pelo menos me ouvir??

Liam: Não quero saber de nada!- ouvimos a porta de entrada bater, o Luke devia ter saído, me senti mal porque o devo ter magoado mas neste momento tudo o que eu queria era o Liam!! Ele se levanta e eu ganho coragem agarrando seu braço.

Eu: LIAM OUVE-ME!! - ele me olha de uma forma estranha.

Liam: s/n lar...

Eu: SE EU NAO SOU NADA PRA VOCÊ, PORQUE ME ESTÁ A FAZER SENTIR CULPADA DE TE VER ASSIM?? VOCÊ FAZ-ME SENTIR NADA, UM BONECO QUE USA PRA SEXO, POXA VOC...

Liam: CALA A BOCA! - ele me empurra contra a parede agarrando meus pulsos  – Você é tudo pra mim, tudo! - ele me beija bruto, correspondi ao beijo entrelaçando meus dedos nos seus cabelos, e as mãos dele percorriam cada curva do meu corpo. Ele acalma o beijo descendo suas mãos até minha cintura e eu faço o mesmo.

 


Ele entrelaça minhas pernas na sua cintura e me deita sobre a relva e vai tirando sua camisola, abre o ziper dos meus calções e desliza suas mãos pra dentro da minha blusa.

Liam: S/n não me peça pra parar eu preciso de te sentir ...

(…)

Depois de alguns momentos eu e liam estavamos juntos novamente, ele podia me sentir mais do que nunca, tal como ele me queria, eu queria ele.

 

(…)

 

DIA SEGUINTE

Nos arrumamos e fomos então até ao restaurante onde iamos jantar essa noite, quando saimos o carro esperamos nossa vez de entrar uma vez que havia uma fila enorme pra entrar la, enquanto Liam segurava minha mão.

Liam: Hoje foste perfeita! - ele sussurrou no meu ouvindo e sorri safado.

Eu: Sim?? Você não esteve mal!! - disse baixo pra ele que riu.

Liam: Coloca um casaco ou var apanhar um resfriado garota!

Eu: Porque não cuida da sua vida amor, eu sei de mim! - digo roçando meu nariz no seu.

Liam: Estou tentando cuidar da minha vida, mas ela é teimosa!! - Awnnn meu Liam!! Quase que babei ouvindo ele falar isso pra mim - Essa fila esta me aborrecendo s/n!

Eu: Não posso fazer nada babe! - o selei.

Liam: Vamos dentro do carro?! Lá sempre se faz coisas melhores ... - diz sorrindo safado.

Eu: Palerma - digo sorrindo e dando uma tapa no seu peito. Ele se junta mais a mim.

Liam: Podiamos tentar uma coisa diferente! - ele morde minha orelha e de seguida deposita um beijo nela e eu rio outra vez com ele. - Ia ser ... sei la ... diferente! - ele da de ombros e coloca sua mão sobre a minha descoberta e vai fazendo circulos com o dedo em volta do meu umbigo que estava destapado porque a blusa era curta.

Eu: Liam não estamos em casa importas-te de parar com isso?!

Liam: Então vamos pra casa s/n!! Porra não estou a aguentar! - disse parecendo um puto pequeno que quer um brinquedo e os pais não dão.

Eu: Ainda alguém nos vai ouvir Payne! - digo sorrindo pra ele e o selando.

Liam: Acha mesmo?! - ele pergunta confuso ...

Eu: Claro!

Liam: Achas mesmo que os vizinhos nos ouvem a transar?!

Eu: O QUE??

Liam: Não era disso que estava a falar??

Eu: Não parvo!! As pessoas da fila. E agora chega Liam!! Vamos jantar!!

XXX: Liam Payne e s/n? - o porteiro pergunta e assenti. - Podem entrar, mesa 1. Quando chegamos na mesa já estava Zayn, Perrie, Harry, Niall, Louis, Josh e a Emma, eu e Liam nos sentamos lado a lado, o jantar foi calmo apesar do Liam estar impaciente por ir embora!! A Anne ainda apareceu e nos deu os parabéns pelo nosso trabalho e ficou feliz por agora seremos um casal, logo o contrato não teria qualquer feito e eu já não ganharia dinheiro, mas ela me prometeu que tinha um trabalho como modelo pra mim o que me deixou feliz, talvez minha vida tivesse mesmo tomando um rumo e espero que meu pai esteja orgulhoso de mim!! Quando entramos em casa novamente subimos até aos quartos e quando ia a entrar no meu quarto, Liam agarra minha mao.

Liam: Seu quarto não é mais esse!! Eu agora quero minha namorada comigo!! - ele me leva pra dentro do quarto. Me deita sobre a cama. – Estava a ver que nunca mais chegava a hora de sair da porra daquele restaurante. – fala apressado beijando meu pescoço, com beijos molhados, mordendo também.

Eu: Liam…liam… você é muito apressado hein? – ele sorri malicioso enquanto retirávamos nossas roupas, ficando rapidamente sem elas.

 

 

( ... )

 

Liam: S/n quero que saiba que hoje criamos algo que nos unirá pra sempre!

Eu: Porque diz isso amor??

Liam: Eu não me protegi s/n ... sabe que sua barriguinha vai começar crescendo e ai vai ter algo que é nosso amor!!

Eu: Ta dizendo que ...

Liam: Que a gente vai ter um filhinhho, NOSSO bebe!!

 

 

 

 

FIM

 


E que tal?! Gostaram?! Eu sei que dessa vez o hot foi mais puxado, mas pelo amor de deus, eu nunca fiz com tantos pormenores antes... se ficar mal, ignorem tá??

Comenteemmmm :3

9 comentários: