terça-feira, 6 de agosto de 2013

Atividade Paranormal - 2ª Temporada - Capitulo 15 - Esconder


Louis: Oi patricia… o que faz aqui a essa hora?!

Eu: Ahhh oi Louis! – aproximei-me dele e depositei um beijo em sua bochecha. Ele ficou um pouco espantado com meu gesto, mas nem ligou muito. – Estava a ver se encontrava um livro que deixei aqui algures!

Louis: Ahh não quer deixar isso pra amanhã?! Vamos voltar pro quarto… - choramingou, olhei seu rosto, seus olhos azuis me encaravam, ele estava ainda com um pouco de dificuldade de se manter em pé, sua boca abriu-se um pouco… bocejou. Ele estava com sono. Louis era um fofo, ele me faz lembrar uma criança, ele é… de outro mundo.

Eu: Awwnn boo, você está cheio de sono… volta pra cama e dorme bebé! – disse pra ele abrindo um sorriso largo, ele se aproxima e segura minha cintura, me puxando pra mais próximo de si.

Louis: Não vou se você não for… - arqueou a sobrancelha a espera de minha resposta. Não tinha como recusar, ele estava fazendo uma cara muito fofa. Dirigimo-nos até ao quarto sem fazer barulho para não acordar ninguém, sentei-me na ponta de minha cama, Louis me olha sem dar uma única palavra, até quebrar o silêncio. – O que se passa bebe?! Está diferente… - perguntou preocupado, levantou-se de onde estava e sentou-se ao meu lado.

Eu: Nada… - sorri – é só que tenho sono agora!! Acho que vou dormir…

Louis: Tá… - sorriu pra mim, depositou um beijo na minha testa e afastou-se. Deitou-se novamente. – Vai dormir assim?! Troca de roupa garota!! – disse sorrindo brincalhão.

Eu: Ahh pois… deixa só eu ir lá dentro me trocar… - peguei minhas coisas e me levantei…

Louis: Qual é?! Não pode se trocar em frente de seu namorado é?! – não, não era bem esse o caso, só que se eu me despisse na sua frente ele iria ver o que eu escondia. Sorri pra ele e fui no banheiro. Troquei de roupa e peguei as cápsulas. Fui até à pia de lá e deixei cair o pó lá. Enrolei com um dólar e inspirei. Meu corpo todo vibrou no momento. Cada momento me lembrava de memórias passadas… quando não tinha Louis perto de mim, ele era tudo o que eu mais desejava… eu o amava profundamente. E agora que posso aproveitar meu tempo brincando e dividindo minhas experiências com ele, estou me drogando. Eu o amo mais que tudo, não quero perde-lo, nunca! Olhei meu rosto no espelho, sangue escorria de meu nariz. Ohh não, DROGA! Minhas fossas nasais já não estavam acostumadas a isso. Peguei um lenço, inclinei minha cabeça para trás e pressionei com as mãos lá. Louis me chama, preocupado.

Louis: Tudo bem aí dentro?!

Eu: S..sim Louis!! Só estou, estou… escovando meu cabelo! Estava desarrumado! – ouço ele sorrir por detrás da porta e passos se afastando. Depois de algum tempo destranco a porta e vejo Louis já quase adormecendo. Me aproximo dele, levanto os cobertores e me cubro, encosto meu corpo contra o de Louis que sorri. Eu sabia que ele estava quase adormecendo, embora estando ainda acordado, ele estava apenas a esforçar-se para estar acordado.

Louis: P…

Eu: Shhhh, dorme bebe!- digo dando um beijo em seus lábios, ele assente, fico fazendo carinhos em seu cabelo e acabo adormecendo também. A meio da noite acordo. Ouço uma porta bater, me assustando. Me levanto, e ando pelo chão descalça, sem fazer barulho, o chão estava frio, me causando leves arrepios. Sigo até à porta e abro-a. Quando saio apanho um susto, vendo s/n em minha frente.

Eu: AHH que susto garota!

S/n: Shhh faz pouco barulho! Preciso falar com você…

Eu: Que foi agora?! Pensou no que eu disse?

S/n: Não… eu… - seus olhos estavam tristes, um leve contorno a vermelho – eu vim pedir pra não contar nada pra ninguém… não… - suspirou – não conte nada pro zayn… por favor. – uma lágrima escorria lentamente por seu rosto.

Eu: O zayn não pode saber disso… e eu não vou contar… porque eu não quero destruir a vossa relação! Assim como eu não quero destruir a minha… apenas me promete que não vai voltar a fazer isso!

S/n: Eu não posso… eu…

Eu: Por favor…

S/n: Eu… eu vou tentar me aguentar. – seu rosto encarava o chão, mas eu podia ver que seus olhos mentiam tanto como sua voz, trémula.

Eu: Agora vai… dorme garota… amanhã não pode faltar as aulas novamente! – ele assente, segue em direção ao seu quarto. Coloca sua mão na maçaneta, roda, antes de abrir completamente solta um suspiro e entra. Batendo a porta com precaução. Volto pro meu quarto, deito-me ao pé de louis e espero adormecer.

 

(…)

 

Hoje o dia correu normalmente. Tive de mentir pra zayn.. como é claro, eu não gosto de mentir, mas por vezes sou “obrigada” a fazê-lo! Estamos agora na ultima aula, e bem… algo correu mal…

Prof. Richard: Menina s/n! – bem, ela… não estava com a cabeça no lugar, estava pensativa. – S/N!

S/n: Sim… o que aconteceu?!

Prof. Richard: O que se passa digo eu… esteja atenta a aula! Já faltou ontem, tente acompanhar a matéria…

S/n: Sim claro… peço desculpa! – deu o som da campainha. Era hora de sair, ir arejar as ideias e esquecer essa vida… mas não! Eu não vou voltar a fazê-lo, eu prometi a mim mesma, eu não vou fazer isso… não vou me drogar outra vez…

Louis: Quer fazer alguma coisa hoje?! Sair, ir numa balada…

Eu: Vamos só nós?!

Louis: Ah aaamm, va-vamos só nós!

Eu: Onde é?!

Louis: No nosso quarto!

Eu: O quê?! – no nosso quarto?! Fazer o quê?! Mas… esse rapaz me deixa confusa…

Louis: Naaooo não é nada demais… apenas vamos colocar a musica lá, e vai ser… como a nossa pista de dança! – ele sorriu envergonhado.

Eu: Ahahah ok! Me desculpa, eu não tinha entendido! Ok, pode ser que me faça bem!

Louis: Então, vamos?!

Continua...

----------------------------------Patricia----------

Nenhum comentário:

Postar um comentário