quinta-feira, 27 de junho de 2013

Magic - Capitulo 13 - O começo...

 


Patrícia P.O.V.

Me levantei com o sol me batendo na cara, fui no banheiro e me arrumei com um calção pus uma maquiagem pra disfarçar os meus olhos que estavam vermelhos de chorar.

 

Quando desci ainda ninguém tava acordado a não ser o Joe, PUTA DE SORTE A MINHA CARALHO!! Vá se controla patrícia, sua mãe a ensinou a ser educada.

Joe: Bom dia ...

Eu: Bom dia ...

Joe: Olha a gente precisa falar!

Eu: O que é que tu queres? – esquece não dá mais pra ser bem educada…

Joe: Eu preciso de pedir desculpa pra você.

Eu: Pedir desculpa pelo quê? Por me ter usado é? – como ele consegue ser tão cínico?!

Joe: Eu não usei você ... Naquela noite ...

Eu: Naquela noite? E aquele dia em que você transou com a Sarah logo a seguir de dizer que me amava seu babaca?! Esquece Joe!

Joe: Eu tava confuso! E tudo o que eu tive com você foi porque eu te amava de verdade!

Eu: Foi mesmo! - disse irônica. - CLARO!! Olha eu não sou uma boneca que você usa e depois joga fora pra me substituir por uma PUTA como a Sarah ouviu?

Joe: NINGUÉM SUBSTITUIU VOCÊ PATRÍCIA!

Eu: AI NÃO?? VOCÊ REALMENTE NÃO VALE A PENA! - disse dando costas e batendo a porta com força ao sair. Eu tava furiosa!! CARALHO QUEM ELE PENSA QUE É? FILHO DA PUTA, SACANA, VIADO!!! EU O ODEIO!! PODE MORRER BEM LONGE. – SACANA!! – gritei bem alto pra ele ouvir… estava tudo tão bem sem ele cá! Porquê isso?! Andy está dormindo por isso não tenho ninguém com quem desabafar… e Louis, que era um fofo comigo está triste… e eu pensar que gostava desse viado do joe.. ele que morra!! Apesar de tudo, apesar do pouco tempo que cá estive Louis se tornou muito importante pra mim, sem ele nada mais voltaria a ser o mesmo… ele vai ser sempre o meu palhacinho e ele por vezes diz coisas sem sentido mas esse mesmo é o Louis… sai do meu quarto e fui em direção ao dele resolver isso de uma vez por todas… coloquei minha mão na maçaneta e fui rodando lentamente, parei… por vezes a coragem falta, e eu não sou diferente! A maçaneta começou a rodar sozinha… a porta abriu-se lentamente… era Louis!!

Eu: O..oi!! Desculpa mas… posso falar consigo?!

Louis: Pode… eu ia agora mesmo falar consigo… - deu espaço e entrei. Sentei-me na ponta de sua cama e ele sentou-se ao meu lado…

Eu&Louis: Eu… - sorrimos

Louis: Fala primeiro…

Eu: Entao… é que… bem eu… - eu já me estava a enrolar toda pra falar

Louis: Fala pequena… - sorriu, o que me deixou mais envergonhada

Eu: Ah já não me chama de pequena faz um tempo hein?!
Louis: E porquê?! Quer que eu chame outra vez é, pequena?! – sorrimos

Eu: Faz pouco tempo que eu me mudei pra cá… e faz também pouco tempo que eu conheci você…

Louis: sim…

Eu: Ahhh não torne isto mais complicado!! – sorri

Louis: Eu?! Eu não estou a complicar…

Eu: Atá! Hmmm bem… afff pronto… o que eu queria dizer é que nesses últimos você se tornou muito importante pra mim e não quero fique assim comigo… até é importante demais… - o sorriso na cara dele era evidente

Louis: Me dá um abraço?!

Eu: Claro que dou meu palhacinho!! – cheguei próximo dele e o abracei… eu só não captei ainda uma coisa… eu sou muito pesada né?! Sim porque… eu abracei-o e caimos os dois no chão…

Louis: Upsss! – sorriu, nossos rostos estavam muito próximos, podia sentir sua respiração pesada contra a minha… eu estava demasiado nervosa pro normal!! Segurou minha nuca e aproximou-a de si, eu não estava nem tentando afastar-me… rolou um beijo… era lento, apaixonado, mas perigoso ao mesmo tempo. Sua língua explorava cada canto de minha boca, meu estomago estava estranho: parecia que borboletas estavam fazendo uma festa lá… paramos o beijo, sentei-me em seu abdómen… a única coisa que conseguia fazer era sorrir…

Louis: Ahh isso foi… muito bom! – disse passando o indicador sobre os lábios

Eu: Ahh sim?! Pois fica sabendo que foi o primeiro e o último!! – disse e peguei um travesseiro lá da cama e joguei nele

Louis: Ahh sim?! – eu estava do outro lado do quarto – pois eu tenciono que depois desse venham  muitos mais!! – veio a correr até ao pé de mim… atirou-me com ao travesseiro que tinha nas mãos e empurrou-me pra cima da cama, colocou-se de joelhos por cima de mim e começou a fazer cosquinhas em mim…

Eu: AHHHHAH LOUIS, PARA!! LOUIISSS!!

Louis: Entao… não posso é?!

Eu: Para Louis por favor – tentei parecer calma, mas bem lá no fundo um turbilhão de emoções me evadiam… o sorriso que se formava em minha cara, o nervosismo, tudo!!

Louis: Me dá mais um beijo?! – fez beicinho

Eu: Ahhhh sonha tá?!

Louis: Ahh você dá sim, ou não sai daqui hoje!!

Eu: aff mas rápido… não abusa!

Louis: não vou… - saiu de cima de mim, elevei meu corpo para estar à sua altura e me beijou… novamente o beijo foi lento, ahhh sacana, eu disse que era pra ser rápido!

Eu: Louis!! Eu disse pra ser rápido!

Louis: Você disse… mas eu não faço tudo o que você quer!!

Eu: Ahmm sabe, estou um pouco… confusa!

Louis: Em relação a quê?!

Eu: Não será muito rápido pra isso ainda?!

Louis: Vamos deixar as coisas rolar… com o passar do tempo tudo pode mudar!

Eu: Ahhhh como eu te amo!! – não pera… eu disse “eu te amo” pra ele?! Ahh que vergonha… ainda é muito cedo pra isso, ele vai achar que sou uma vadia…

Louis: Ahh eu também te amo!! – ahhhh vida é tao boa… ouvir isso encheu-me de alegria… só me apetece pular de alegria… só que não né?! Vou parecer uma tola depois…



Louis P.O.V

Estava realmente precisando de falar com Patrícia e aquele era o momento ideal… já não aguentava mais estar assim com ela… quando fui pra ir ter ao quarto dela ela estava à porta de meu quarto… tá bom que fiquei um pouco surpreso, mas foi uma surpresa boa!! Deixei-a entrar… ela estava a tentar dizer-me alguma coisa mas estava a enrolar-se toda… estava um pouco nervosa pelo que pude ver, mas não menos do que eu. Acabou confessando que sentia algo por mim, mas não foi bem clara no que disse, quer dizer, pelo menos eu quero perceber que ela queria dizer isso… Puxei-a pra um abraço e acabámos batendo com a bunda no chão e… pronto um beijo!! E que beijo!! Ela ainda que disse umas coisas sem cabeça como dizer que nunca mais ia fazer isso, mas eu sempre arranjo um jeito e, com muita calminha pedi outro e sim eu dei, com autorização pra dar um apenas e rápido, mas eu não sou normal e u não chega por isso dei vários… Ela ficou um pouco confusa, eu percebo afinal o ex-namorado do idiota do merdas do Joe e agora esse beijo… vamos deixar as coisas rolar, mas eu sei que por muito que eu tente não vou conseguir afastar-me dela nem por um segundo e vou querer beijá-la a toda a hora, a todo o momento… e ahh ela disse que me ama!!! É ISSO MESMO, ELA DISSE QUE ME AMA!!! Ai meu deus eu sou o homem mais feliz do mundo e claro com tanta felicidade retribui e disse um eu também te amo pra ela… afinal, ela tem que perceber que é importante pra mim...

Continua...

--------------------------------Andy&Patricia---------

Nenhum comentário:

Postar um comentário